Ana Cabecinha é esperança nacional na Taça da Europa de Marcha

0
248

Podebrady (Eslováquia) receberá este domingo a 12ª edição da Taça da Europa de Marcha, na qual Portugal participará com apenas nove atletas, a menor delegação de sempre. Destaque para a 12ª presença de João Vieira (é totalista!) e para a 11ª de Inês Henriques, a qual ultrapassa as 10 presenças de Susana Feitor (Pedro Martins também esteve 10 vezes).

As grandes esperanças estão centradas, como habitualmente, nos 20 km femininos, apesar das ausências das “habituais” Susana Feitor (terminou a carreira), Vera Santos (lesionada) e, também, de Daniela Cardoso, olímpica no Rio de Janeiro, tendo sido chamada a jovem Mara Ribeiro para completar a equipa, com Ana Cabecinha e Inês Henriques. Portugal já ganhou em 2005 e esteve no pódio também em 2013 (2º) e 2015 (3º), enquanto, individualmente, Susana Feitor foi 2ª em 2005 e 3ª em 1996. Ana Cabecinha, a segunda europeia nos Jogos Olímpicos (6ª), é a principal figura nacional. Foi 5ª em 2013 e 9ª em 2015 e terá agora na italiana Antonella Palmisano, 4ª no Rio de Janeiro, a principal adversária. Coletivamente, Portugal será um dos 14 países com um mínimo de três atletas para pontuar.

Nos 20 km masculinos, Portugal apresentará João Vieira, 4º em 2003 e 7ª em 2007 e 2013, e Miguel Carvalho, 21º na única presença sénior, em 2015. E nos 50 km, voltará a estar Pedro Isidro, 17º em 2013 e desistente em 2015. Como objetivo dos três estarão ainda os mínimos para o Mundial de Londres: 1h23m nos 20 km, 4h02m nos 50 km.

Nas provas para juniores (10 km), Portugal estará representado por Rodrigo Marques, Carolina Costa e Inês Reis.

As provas decorrerão ao longo do dia, entre as oito da manhã locais (7 h em Portugal continental) – 50 km – e as 18 horas – 10 km juniores femininos.

Deixar Resposta