Posso comer ovos todos os dias?

0
652

Há quem consuma ovos, quase todos os dias. No entanto, é cada vez mais comum, as pessoas comerem só as claras dos ovos nas suas dietas por acreditarem que estariam assim a diminuir as calorias da porção ou por acharem que o colesterol contido nas gemas dos ovos é a vilã da história. Por isso muitas pessoas não sabem se comerem as gemas dos ovos, faz ou não mal.

Comer as gemas dos ovos faz mal? 

Os ovos são uma excelente opção de proteínas e fonte importante de algumas vitaminas e minerais importantes para a dieta de qualquer atleta que procure uma vida saudável.

A clara dos ovos, para muitos é uma das principais fontes de proteína da dieta, mas muitos ainda desconhecem que  a gema contém 3 gramas de proteína, ou seja, metade de toda a proteína contida num ovo (os ovos contêm em média 6 gramas de proteína).

A gema do ovo, é onde se encontra também todo o colesterol contido no ovo. Em média 185mg. A associação americana de Cardiologia recomenda manter o consumo diário de colesterol em torno de 300mg/dia, recomendação que torna mais do que possível consumir um ovo por dia, como parte de uma dieta saudável. Vale lembrar que essa recomendação aumenta de acordo com o nível de atividade física da pessoa.

A gema do ovo é onde se encontra a maioria dos nutrientes do mesmo. Além de proteína, a gema contém vitamina D, fósforo, riboflavina, colina, selénio e mais algumas outras vitaminas e minerais em menor quantidade.

Alguns estudos correlacionam o consumo regular de ovos com o nível de inteligência, tendo observado níveis mais altos de Q.I em pessoas que consumiam ovos regularmente.

Comer ovos todos os dias faz mal?

Um estudo que avaliou os impactos do consumo regular de ovos no colesterol das pessoas, descobriu que 70% das pessoas não tinham alterações nos seus níveis de colesterol sanguíneo, mesmo consumindo um ou mais ovos por dia.

O que acontece é que o nosso fígado tem a capacidade de produzir colesterol, já que a substância é matéria-prima importante de alguns hormónios, como a testosterona. Se o organismo não consegue o colesterol através da dieta, ele tem a capacidade de produzi-lo. No entanto, se o organismo consegue colesterol através da alimentação, o fígado passa a produzir uma quantidade menor de colesterol e o organismo mantém-se estável.

Mesmo assim, se tem colesterol alto e apesar disso, quiser consumir mais ovos, recomenda-se usar a proporção de 3:1, ou 3 claras de ovos para 1 ovo inteiro. Assim garante uma baixa ingestão de colesterol e ao mesmo tempo tira proveito de todos os nutrientes dos ovos.

Deixar Resposta