Quenianos ganham hoje Maratona de Boston

0
360

O queniano Geoffrey Kirui venceu hoje a maratona de Boston ao cortar a meta em 2h09m37s. Seguiram-se-lhe o norte-americano Galen Rupp a 21 segundos e o japonês Suguru Osako a 51. Ao contrário do habitual domínio africano, tivemos apenas dois quenianos (1º e 5º) e um etíope (8º) nos dez primeiros lugares. Os norte-americanos fizeram 2º, 4º, 6º, 7º, 9º e 10º.

Em femininos, venceu a queniana Edna Kiplagat em 2h21m52s, distanciada 59 segundos da ex-queniana naturalizada pelo Bahrain, Rose Chelimo e 1m08s da norte-americana Jordan Hasay.

A maratona de Boston é a segunda mais antiga do mundo, apenas atrás da maratona olímpica disputada pela primeira vez em Atenas, em 1896.

foto-kathy-em-bostonTornou-se famosa, entre outras razões, por ter sido nela que em 1967, a americana Kathrine Switzer, de 20 anos e estudante de jornalismo da Universidade de Syracuse, se inscreveu pelo correio com o nome de “K. Switzer” e recebeu um número oficial, o dorsal nº 261. Os juízes tentaram retirá-la da prova mas ela conseguiu cortar a meta. As mulheres só foram autorizadas a correr oficialmente em Boston em 1972.

Kathrine Switzer, agora com 70 anos, já disputou 39 maratonas, tendo vencido a de Nova York em 1974.

Ela regressou agora a Boston pela primeira vez desde 1976 e correu a maratona com o mesmo número de dorsal, o 261.

 

 

 

 

 

 

Deixar Resposta