Vencedor gasta 99h30m num Ultra Trail de 420 km

0
300

Tom Hollins venceu a 6ª Montane Spine Race, um dos ultra trails mais difíceis do mundo, com 420 km de extensão e 13.100m de desnível acumulado.

Longe de acumular a dureza de percursos 100% montanhosos e famosos como o Ultra Trail do Monte Blanco ou o Tor des Geants, a Montane Spine Race é uma prova só acessível a verdadeiros ultra trailers.

O percurso não está marcado, obrigando os participantes a correrem graças aos seus dotes de orientação, utilização de mapas ou bússola e maioritariamente, ao GPS.

Pouco mais de 100 participantes enfrentaram ainda duras condições meteorológicas como a chuva, neve e frio.

Tom Hollins apresentou-se mais fresco nos últimos 120 km do percurso, depois de ter descansado em postos de controlo anteriores, não necessitando de fazê-lo depois. Venceu com quase 1h30m de avanço do checo Pavel Paloncy e mais de duas horas do espanhol Eugeni Roselló.

Em femininos, venceu Carol Morgan em quase 110 horas. A irlandesa marcou uns parciais finais inclusivé melhores que os líderes masculinos.

Terminaram 63 atletas, dos quais cinco eram mulheres.

Deixar Resposta