As confissões do transexual Bruce Jenner, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1976

0
247

O americano Bruce Jenner ganhou uma medalha de ouro no decatlo nos Jogos Olímpicos de 1976 em Montreal. Nascido em Nova York em 1949, casado três vezes e pai de seis filhos, Jenner foi considerado um herói nacional pela sua vitória desportiva na época da Guerra Fria entre os EUA e a União Soviética.

Após encerrar a carreira desportiva, Jenner tornou-se uma estrela da TV americana ao lado da sua enteada, Kim Kardashian.

Em 2015, acabou por mudar de género, já que se identificava como uma mulher. Passou então a chamar-se Caitlyn Jenner. “Sempre me senti muito confuso com a minha identidade de género. Meu cérebro é mais feminino que masculino. As pessoas custam a entender isso, mas minha alma é assim”,

O que muitas pessoas não sabiam é que em 1976, o decatlonista já se sentia uma mulher. “Eles não sabiam que debaixo do fato de negócios, eu usava cuecas femininas e um soutien”, recorda no seu novo livro biográfico, ‘The Secrets of My Life’.

Segundo o livro, Jenner guardava cuidadosamente uma coleção de roupas femininas que pertenciam a Kris Jenner e regularmente vestia-se com elas. “Eu também roubei maquilhagem… não apenas da Kris, mas de toda a família, porque, acredite em mim, não existe mais nenhuma casa onde exista tanta maquilhagem por pessoa”, sublinha.

Jenner revelou ainda que quando se olha ao espelho, vê um corpo que detesta. “Uma barba que se nota sempre por muito que a faça, um pénis completamente inútil a não ser para fazer chichi na floresta”.

Deixar Resposta