10 de Novembro: Aniversário de Edi Maia/Dos ninhos das árvores a recordista nacional do salto com vara

0
90

Edi Maia nasceu em 10 de Novembro de 1987, em Setúbal. Representou o GD Independente de Setúbal (até 2007), Sporting CP (2008 a 2015), SL Benfica (2016 e 2017) e regressou esta época ao Sporting.

Enquanto criança, Edi Maia viveu no campo, na região de Palmela. “Era um tempo sem grandes responsabilidades. Tive uma infância bem diferente da dos miúdos de hoje, sem computadores, sem todas essas tecnologias atuais. Eu saía para conviver com os amigos, no campo, subíamos às árvores para irmos aos ninhos, andávamos de bicicleta, de moto. Cheguei a andar de moto sem carta e sem capacete, embora dentro de uma propriedade privada…”, recordou o atleta numa entrevista à Revista Atletismo, em 2012. “Cheguei também a fazer escalada, rappel. Mas tive pouca oportunidade de praticar desportos radicais. Depois, com o salto com vara, encontrei uma sensação semelhante”, acrescentou.

Chegou ao atletismo aos oito anos, por influência da irmã (Edna Maia), que chegou a ser uma promissora atleta. E antes de se dedicar ao salto com vara, Edi Maia fez um pouco de tudo e chegou mesmo a competir na final do Olímpico Jovem de 2003 como marchador! Foi no seu 1º ano de juvenil, não havia salto com vara no programa desse ano e, depois de ser o único marchador na fase distrital, foi 9º na final, a meio da tabela.

Foi campeão nacional do Salto com Vara nos escalões de Juvenis e de Juniores e em 2006, bateu o recorde nacional deste escalão com um salto de 4,95 m.

Melhorou seis vezes o recorde nacional do Salto com Vara no escalão de sub-23, chegando aos 5,33 m em pista coberta e aos 5,40 m ao ar livre.

Em 2007, foi campeão de Portugal absoluto e no escalão de sub-23, resultados que lhe garantiram a transferência para o Sporting CP. Conquistou depois, mais cinco Campeonatos de Portugal e outros seis na pista coberta, para além de ter somado mais quatro títulos no escalão de sub-23 (dois ao ar livre e dois na pista coberta).

A 26 de Fevereiro de 2012, bateu o recorde nacional em pista coberta, que remontava a 1996, saltando 5,64 m.

Em 2 de Julho de 2013, bateu por duas vezes, o seu recorde nacional absoluto, primeiro com 5,67 m e depois ultrapassando os 5,70 m, derrubando finalmente o antigo máximo de Nuno Fernandes, que saltara 5,66 m em 1996.

A 18 de Janeiro de 2014 durante o Orleans Perche Elite Tour, começou por igualar o seu recorde nacional em pista coberta, para depois melhorar essa marca com um salto de 5,70 m, que igualava o seu recorde absoluto.

Internacionalizações

– Jogos Olímpicos de 2012

– Campeonato do Mundo de 2011 e 2013

– Campeonato da Europa de 2010, 2012 e 2014

– Campeonato da Europa de pista coberta de 2011, 2013 e 2015

– Campeonato da Europa de sub’23 de 2009

– Campeonato Ibero-Americano de 2010 (medalha de bronze)

– Europeu de Seleções de 2008 – I Liga, 2009 – Superliga, 2010 – I Liga, 2011 – Superliga, 2013 – I Liga, 2014 – I Liga e 2015 – I Liga

PARABÉNS EDI MAIA!

 

 

Deixar Resposta