110 m barreiras: João Lima e João Almeida com rico palmarés

0
2721

Avaliando todos os dados, dois nomes se distinguem particularmente na história dos 110 m barreiras nacionais. Nos anos 80 e 90, João Lima, 13 vezes campeão nacional, 21 vezes internacional, único português presente em Campeonatos do Mundo (embora com modesta presença), primeiro português a entrar na casa dos 13 segundos (13,91). Já em pleno século XXI João Almeida, atual recordista nacional (13,47), presente nos Jogos Olímpicos e no Europeu, que se distinguiu desde as camadas jovens (recordista nacional júnior, 4º no Europeu da categoria, 2º no FOJE) até emigrar em 2015, terminando a carreira aos 27 anos.

O recorde nacional baixou dos 15 segundos em 1956 graças a Matos Fernandes, que bateu (ou igualou) o recorde 12 vezes, entre 15,3 em 1951 e 14,8. A marca seria melhorada por Cumura Imboá, com 14,7 em 1960, e por Pedro Almeida, com 14,7 e 14,6 em 1961. Surgiu depois Alberto Matos, que por nove vezes conseguiu o recorde, de 14,6 em 1968 a 14,2 em 1972. Seguiu-se José Carvalho, com 14,1 em 1981. João Lima abriu os recordes com cronometragem eletrónica com 14,29 em 1984, marca que baixaria até 13,91 em 1989. Surgiu depois Rui Palma, com 13,85 em 2000 e 13,78 em 2002; Luís Sá, com 13,68 em 2002 e 13,62 em 2004; e João Almeida, com 13,56 e 13,47 em 2012. João Almeida que é filho de Pedro Almeida, recordista quatro décadas antes…

Outros dados a salientar: as 21 internacionalizações de Cumura Imboá, guineense com longa carreira, sete vezes campeão nacional; e o 7º lugar de Luís Sá nas Universíadas.

Nos últimos anos, destaque ainda para Rasul Dabo, com o segundo tempo nacional de sempre (13,52), a cinco centésimos do recorde de João Almeida.

Entre os mais jovens, e para além de João Almeida, destaque para o quinto lugar de João Ferreira no Europeu júnior e para o sétimo de Rui Palma no Europeu sub’23. O melhor juvenil foi Arnaldo Abrantes (que depois optou pela velocidade), ainda recordista nacional e segundo classificado no FOJE de 2003.

RECORDES NACIONAIS
Absolutos João Almeida Sporting CP 13,47 2012
Sub’23 Luís Sá FC Porto 13,68 2002
Juniores/1m João Almeida Sporting CP 13,61 2007
Juvenis/91cm Arnaldo Abrantes NDJ Laranjeiro 13,74 2003
OS + CAMPEÕES DE PORTUGAL
João Lima 13 (1981-1997)
Palhares Costa 9 (1928-1940)
Cumura Imboá 7 (1959-1969)
José Carvalho 7 (1973-1982)
João Almeida 7 (1973-1982)
OS + INTERNACIONAIS
Cumura Imboá 21 (1958-1969)
João Lima 21 (1983-1997)
Alberto Matos 19 (1965-1979)
José Carvalho 13 (1965-1978)
Paulo Barrigana 10 (1982-1992)
RECORDES DOS CAMPEONATOS NACIONAIS
Absolutos João Almeida Sporting CP 13,47 2012
Sub’23 Rui Palma Sporting CP 13,97 1999
Juniores/1m João Almeida Sporting CP 13,89 2007
Juniores/1,06m Luís Sá FC Porto 14,50 2000
Juvenis/91cm João Almeida Sporting CP 13,96 2005

PRINCIPAIS CLASSIFICAÇÕES NAS GRANDES COMPETIÇÕES

JO 5 31º João Almeida 13,69 Londres 2012
CM 1 33º João Lima 14,41 Roma 1987
CE 7 12º João Almeida 13,56 Helsínquia 2012
Nota: a seguir à competição (J. Olímpicos, C. Mundo, C. Europa), indica-se o número de atletas

portugueses presentes no conjunto de todas as edições, as classificações no top’16 (JO, CM)

ou top’8 (CE), os melhores tempos nacionais na prova e os locais e anos dessas classificações.

PORTUGUESES NA TAÇA DA EUROPA/EUROPEU DE SELEÇÕES
Mais presenças:
João Lima 7 (1983-1997)
Rui Palma 6 (1998-2003)
José Carvalho 5 (1973-1981)
Luís Sá 5 (2004-2009)
Melhor marca: Rasul Dabo 13,82 (2013)
Melhores classificações:
Na Superliga: 11º Rasul Dabo 2011
Na I Liga 3º Rui Palma 2003
3º Luís Sá 2007
3º Hélio Vaz 2017
PORTUGUESES NOUTRAS COMPETIÇÕES
Campeonato da Europa de Sub’23:
Rui Palma 1999
Campeonato da Europa de Juniores:
João Almeida 2007
João Ferreira 2005
FOJE (Festival Olímpico da Juventude Europeia)
Arnaldo Abrantes 2003
João Almeida 2005
Diogo Guerra 2015
Fábio Martins 2013
Jogos Mundiais Universitários/Universíadas
Luís Sá 2003

A seguir: 400 m barreiras (M)

(Este artigo ficará igualmente arquivado no site www.atletismo-estatistica.pt)

 

Deixar Resposta