Justiça da África do Sul recusa recurso de Pistorius e mantém pena de 15 anos

0
1618

Oscar Pistorius viu o Tribunal Constitucional sul-africano recusar o recurso apresentado pelo aumento para 15 anos da sua condenação por ter assassinado a sua noiva em 2013.

Pistorius foi condenado inicialmente a seis anos de prisão mas após um recurso do promotor da justiça, o Tribunal Supremo subiu a pena para 15 anos em Novembro de 2017, o mínimo previsto na legislação sul-africana em casos de assassinato.

Dos 15 anos de prisão, Pistorius terá de cumprir 13 pois quando foi condenado, já estava detido há mais de dois anos.

Pistorius matou a noiva na madrugada de 14 de Fevereiro de 2013 na sua casa em Pretória, ao disparar por quatro vezes através da porta da casa de banho, que estava fechada.

Segundo a sua versão, ele abriu fogo numa atitude de pânico, ao confundir a noiva com um ladrão que teria entrado através da janela da casa de banho.

Deixar Resposta