14.000 mulheres proibidas de correr em Sevilha à última da hora!

0
2114

Para quem critica constantemente o nível das organizações das corridas populares em Portugal, o que se passou hoje em Sevilha seria inaceitável no nosso país.

A corrida da Mulher de Sevilha foi suspensa esta manhã, momentos antes da partida das 14.000 participantes. A polícia local informou então as participantes que não havia autorização do Ayuntamiento (Câmara Municipal) para a sua realização!

A Organização informou através das redes sociais que a suspensão deveu-se ao “Ayuntamiento de Sevilha haver impedido dar a saída com 14.000 participantes já preparadas para celebrar um dos maiores festivais do desporto feminino na Europa”.

No ano passado, a prova sofreu uma mudança de percurso comunicado apenas 72 horas antes da sua realização mas este ano, o Ayuntamiento propôs à organização transferir o evento para a Isla de la Cartuja, num circuito que pelas dimensões das ruas, tornava impossível albergar com um mínimo de segurança as 14.000 participantes.

Finalmente por parte do Ayintamiento, decidiu-se retornar a Corrida da Mulher ao lugar onde se realizou a primeira edição mas esta decisão foi comunicada à Organização apenas na 2ª feira que teve apenas 48 horas para poder entregar toda a documentação requerida que incluía um plano de autoproteção que nunca havia sido solicitado para este evento.

A Organização, apesar do prejuízo económico gerado, decidiu devolver na íntegra o valor das inscrições a todas as mulheres.

 

Deixar Resposta