14 Março: Aniversário de Tsanko Arnaudov/Recordista nacional do peso

0
396

Tsanko Arnaudov nasceu em 14 de Março de 1992 em Gotse Delchev, na Bulgária. Veio para Portugal aos 12 anos de idade, acompanhando os pais que emigraram para o nosso país. Tornou-se cidadão português em Novembro de 2010.

Iniciou-se no atletismo na URCA – União Recreativa e Cultural da Abrunheira, chegando a ficar nos dez primeiros nas corridas de iniciados e juvenis do Torneio das Localidades do concelho de Oeiras. “Vi pessoas a correr, juntei-me a elas e comecei a treinar também. Foi bom pois ajudaram-me a aprender a falar português”, contou ele à Revista Atletismo, em Março de 2011, quando foi eleito “Revelação do Mês”. Apenas com um ano no atletismo, tinha chegado aos 17,46 m com o peso de 6 kg.

Lançador do peso por acaso

Um acaso tornou-o lançador do peso, Um dia, no Estádio Nacional, numa sessão de entrega de prémios do Torneio das Localidades, houve uma Prova Aberta. Tsanko também foi lançar e chegou aos 12 metros. Começou a treinar lançamentos mas três meses depois, o seu treinador teve que abandonar e Tsanko voltou às corridas. Até que deram o contacto de Elisa Costa (antiga recordista nacional do disco) ao pai de Tsanko. Este, entretanto, perdera a vontade de lançar mas o pai, em boa hora, obrigou-o. “Ainda bem que o fez. Quando voltei a lançar, senti que era isso mesmo que eu queria”, recordou o atleta, que entretanto se lesionou e teve que ser operado ao menisco interno do joelho esquerdo, só regressando em Setembro de 2009, federando-se então pelo Benfica.

Júnior de 1ª época, Tsanko começou logo a dar nas vistas, sendo segundo nos Nacionais de Juniores de pista coberta e ar livre. Esteve então no Campeonato Europeu de Juniores.

Medalha de bronze no Europeu de 2016

Em Março de 2014, passou a ser orientado pelo ucraniano Vladimir Zinchenko, durante muitos anos o treinador de Marco Fortes. Em 2015, chegou aos 19,87 m na abertura da época ao ar livre, em Maio. Uma semana depois, numa simples prova de preparação, na pista da Alta do Lumiar, abriu o concurso com 20,15 m (mais um recorde pessoal) e chegou a surpreendentes (até para ele) 21,06 m ao segundo ensaio.

No Campeonato da Europa de 2016, obteve uma surpreendente medalha de bronze ao lançar 20,59 m.

Em 2017, estabeleceu o recorde nacional absoluto com 21,56 m. No ano seguinte, estabeleceu o recorde nacional em pista coberta com 21,27 m.

Internacionalizações

– Campeonato da Europa de Pista Coberta em 2017 e 2019

– Campeonato do Mundo de Pista Coberta 2018

– Campeonato Ibero-Americano 2018

– Jogos Olímpicos de 2016

– Campeonato do Mundo de 2015

– Campeonato da Europa de 2016 e 2018

– Campeonato Europeu de Seleções de 2015, 2017 e 2019

– Taça da Europa de Lançamentos desde 2013 a 2017 e 2019

– Campeonato da Europa de Sub’23 de 2013

– Campeonato do Mediterrâneo (sub’23) de 2014

– Campeonato da Europa de Juniores de 2011

  • PARABÉNS TSANKO ARNAUDOV!

Deixar Resposta