18º Grande Prémio do Atlântico | Triunfos de João Mota e Alexandra Sousa

0
3569

Vítor Oliveira e Susana Matos sagram-se campeões do Challenge

 A terceira prova do Challenge numa distância ligeiramente superior a 10 km, incluiu o tradicional Grande Prémio do Atlântico, com organização do Núcleo Sportinguista da Costa da Caparica.

João Mota e Alexandra Sousa, esta a bisar o triunfo do ano passado, impuseram-se à restante concorrência.

João Mota (Equipa Marinha-CEFA) cruzou a meta em 34m12s, menos sete segundos que Vítor Oliveira (Assoc. Vale Grande) e 28 que Filipe Januário (C. Millennium BCP).

Em femininos, Alexandra Sousa (GFD Running) dominou em 39m55s, seguida de duas adversárias da Equipa Marinha-CEFA, Sandra Conceição, a 28 segundos e Lúcia Oliveira, a 1m10s. Nájla da Mata foi a última com 1h30m01s.

No Troféu Challenge, confirmaram-se as classificações dos dois primeiros dias. Vítor Oliveira foi agora segundo da geral e primeiro dos atletas que fizeram as três provas, confirmando os dois triunfos anteriores. Marco Cardoso, que tinha arrancado dois segundo lugares, foi também agora o segundo dos finalistas do Challenge, ao ser o sexto da geral.

Em femininos, também não houve novidades. Susana Matos repetiu os dois triunfos anteriores ao ser agora a quarta da geral e Chantal Xhervelle, no dia do seu 49º aniversário (os nossos parabéns!) voltou a ser segunda na terceira prova, ao ser a sexta da geral.

Boa organização

Nada a apontar à organização que esteve em excelente nível. O S. Pedro ajudou ao êxito do evento, oferecendo a todos uma excelente manhã para a prática desportiva. Há apenas a realçar a grande quebra de participantes, apenas 906. O ano passado, tinham acabado 1.368 e em 2015, 1.813, que se mantém como número recorde.

 

MIGUEL MENDANHA | CCD CRÉDITO AGRÍCOLA

gp-atlantico2017-miguel-mendanhaTem 40 anos e é bancário. Corre há quatro anos e estreou-se na Corrida da Água. Treina uma vez por semana e veio para a modalidade por sua iniciativa. Valoriza mais os abastecimentos e o percurso numa corrida. Nunca desistiu e classificou a organização da prova como excelente. Foi o 532º da geral com 54m40s.

 

MARIA JOÃO SIMÕES | INDIVIDUAL

gp-atlantico2017-maria-simoesTem 48 anos e é farmacêutica. Corre há sete anos e estreou-se na S. Silvestre de Lisboa. Treina cinco vezes por semana e veio para o atletismo por sua iniciativa. Numa prova, valoriza mais a paixão e o percurso. Nunca desistiu e classificou agora a organização como ótima. Foi a 732ª da geral e 33ª do escalão com 1h01m21s.


JOSÉ RIBEIRO | 
GRUPO DESPORTIVO SANTANDER TOTTA

gp-atlantico2017-jose-ribeiroTem 72 anos, está reformado e corre há já 38 anos. Estreou-se na meia maratona da Nazaré e treina três vezes por semana. Veio para as corridas após uma zanga tida no futebol onde era praticante. Valoriza mais os abastecimentos e a segurança numa corrida. Nunca desistiu e gostou da organização. Foi o 767º da geral com 1h02m47s.

 

 

LILIANA PAIS | INDIVIDUAL

gp-atlantico2017-liliana-paisTem 29 anos e é consultora. Corre há seis anos e estreou-se na Mini da Corrida do Benfica. Não treina mas vai ao ginásio. Veio para as corridas por sua iniciativa e dá mais importância ao trânsito numa corrida. Nunca desistiu e gostou da organização. Classificou-se em 848º da geral e 40ª no escalão com 1h09m14s.

 

 

RESULTADOS 18º GRANDE PRÉMIO DO ATLÂNTICO/COSTA DA CAPARICA (12/02)

Masculinos

1º João Mota (Equipa Marinha-CEFA) 34.12; 2º Vítor Oliveira (Assoc. Vale Grande) 34.19; 3º Filipe Januário (C. Millennium BCP) 34.40; 4º André Januário (C. Millennium BCP) 35.03; 5º Paulo Guimarães (Aminhacorrida/myprotein) 35.14; 6º Marco Cardoso (Indiv.) 35.18; 7º Paulo Alves (GDCT IN Casa Moeda) 35.25; 8º Edgar Oliveira (CDR Ribeirinho) 35.45; 9º Rui Baltazar (Aminhacorrida/myprotein) 35.54; 10º José Silva (Assoc. Vale Grande) 36.14

Femininos

1ª Alexandra Sousa (GFD Running) 39.55; 2ª Sandra Conceição (Equipa Marinha-CEFA) 40.23; 3ª Lúcia Oliveira (Equipa Marinha-CEFA) 41.05; 4ª Susana Matos (Wine Runners) 41.46; 5ª Ana Rodrigues (Ingleses FC) 41.56

1º dia: 5 km na Praia Nova

O Challenge Caparica voltou este ano, duas semanas mais cedo que o ano passado. A praia, o corta-mato e a estrada voltaram a unir-se, proporcionando três dias de animados despiques.

No final, o vencedor será quem conseguir maior pontuação na soma das três participações (a pontuação será definida pela classificação geral, o vencedor terá cem pontos, o segundo o peso do seu tempo a dividir pelo tempo do primeiro convertido em pontos).

Ao fim de duas provas, comandam Vítor Oliveira e Marco Cardoso em masculinos. Em femininos, Susana Matos e Chantal Xhervelle seguem na frente. O Grande Prémio do Atlântico a disputar-se amanhã, irá definir as classificações finais.

A primeira prova na extensão de 5 km disputou-se na Praia Nova, num percurso de ida e volta, com uma areia rija, proporcionando um fácil andamento. Ao contrário do que sucedeu o ano passado em que os participantes enfrentaram um vendaval com um vento ciclónico, a noite esteve excelente para quem correu.

Vítor Oliveira (Assoc. Vale Grande) venceu destacado em 18m10s, seguido de Marco Cardoso (Indiv.) a dez segundos e Fernando Santos (Marunha Guerra Portuguesa) a 12.

Em femininos, Susana Matos (Wine Runners) impôs-se às suas adversárias em 21m52s, com Chantal Xhervelle (C.Pedro Pessoa EA) a já 1m09s e Iciar Nevado a 1m57s. Mayer Raposo foi o último com 34m39s.

Classificaram-se 61 atletas, uma quebra significativa face aos 91 do ano passado. Dos 61 de agora, tivemos dez do sexo feminino (16,4%).

Resultados

Masculinos:

1º Vítor Oliveira (Assoc. Vale Grande) 18.10 (100 pontos); 2º Marco Cardoso (Indiv.) 18.20 (99 pontos); 3º Fernando Santos (Marinha Guerra Port.) 19.22 (94 pontos); 4º Rui Henriques (SS Montepio Geral) 19.25 (94 pontos); 5º Nelson Fonseca (Jobrinde-Montes Saloios) 19.47 (92 pontos).

Femininos:

1ª Susana Matos (Wine Runners) 21.52 (83 pontos); 2ª Chantal Xhervelle (C. Pedro Pessoa EA) 23.01 (79 pontos); 3ª Iciar Nevado (Indiv.) 23.49 (76 pontos); 4ª Inês Marques (CD Asas do Milénium) 23.54 (76 pontos); 5ª Cláudia Rosado (Indiv.) 24.18 (75 pontos)

2º dia: Cross Parque Urbano

Cerca de 14 horas depois, já se estava a disputar a segunda prova na distância de 4,5 km, no Parque Urbano da Costa da Caparica, em três voltas ao percurso em terra batida e relva.

Os dois primeiros foram os mesmos da véspera. Vítor Oliveira venceu em 15m25s, com Marco Cardoso a cinco segundos e Nelson Fonseca (5º na véspera) a fechar o pódio, distanciado 58s. Os cinco primeiros foram agora os mesmos da véspera, mas com Nelson Fonseca e Fernando santos a trocarem de lugares. Rui Henriques foi quarto nas duas provas.

Em femininos, as três primeiras repetiram os lugares da véspera. Susana Matos venceu em 18m36s, com Chantal Xhervelle a 1m15s e Iciar Nevado a 1m34s.

Resultados

Masculinos:

1º Vítor Oliveira (Assoc. Vale Grande) 15.25; 2º Marco Cardoso (Indiv.) 15.30; 3º Nelson Fonseca (Jobrinde-Montes Saloios) 16.23; 4º Rui Henriques (SS Montepio Geral) 16.30; 5º Fernando Santos (Marinha Guerra Port.) 16.34.

Femininos:

1ª Susana Matos (Wine Runners) 18.36; 2ª Chantal Xhervelle (C. Pedro Pessoa EA) 19.51 3ª Iciar Nevado (Indiv.) 20.10; 4ª Cláudia Rosado (Indiv.) 20.23; 5ª Patrícia Ferreira (Indiv.) 22.35

Resultados completos em: www.xistarca.pt

Deixar Resposta