Triplistas Patrícia e Susana dominaram a época

0
1634

O triplo-salto foi, também no setor feminino, a especialidade rainha da época de pista coberta. Patrícia Mamona igualou (com 14,36) e depois bateu (com 14,44) o seu recorde nacional e foi 4ª no Europeu (com 14,43), imediatamente seguida de Susana Costa, que fez os mesmos 14,43. A terceira do ano, Evelise Veiga, progrediu para 13,48 e é já a terceira de sempre, ao mesmo tempo que melhorou para 6,46 no comprimento, tendo apenas Naide Gomes à sua frente. Nada menos de cinco atletas melhoraram as suas marcas e fazem agora parte do top’10 nacional de sempre no triplo e há mais uma em 11º lugar.

A época foi bem proveitosa em termos de líderes anuais. Oito das 13 fizeram melhor que as suas homólogas de há um ano. Também houve melhores marcas ao nível das 10ª do ano (6-4 e duas iguais) e das 20ª (8-4), não se considerando o pentatlo, por escassez de atletas.

Para além das três atletas do nosso pódio (Patrícia Mamona, Susana Costa e Evelise Veiga), há a salientar mais alguns nomes: Cátia Azevedo não foi inteiramente feliz nos 400 m (com 53,43 no Europeu ficou aquém dos 53,13 da época passada) mas liderou o ranking dos 800 m com prometedores 2.05,96 no Campeonato de Portugal; Olímpia Barbosa progrediu de 8,29 para 8,20, fazendo melhor que o seu anterior recorde pessoal nada menos de seis vezes; Lorène Bazolo, embora sem atingir os 7,27 de há um ano, conseguiu oito marcas entre 7,30 e 7,36; Eliana Bandeira progrediu de 15,73 para 16,62 no peso, ficando a um só centímetro do seu melhor de ar livre e derrotando a recordista nacional (de ar livre) Jéssica Inchude nas principais competições; e Ana Oliveira registou progressos na altura (1,77) e no triplo (12,99). Referência ainda para Salomé Afonso, vencedora dos 800 m no I Campeonato do Mediterrâneo sub’23.

Nos escalões mais jovens, há a assinalar o recorde nacional de juniores de 1500 m (4.22,01) alcançado por Mariana Machado, que continua a progredir (4.27,95 em pista coberta, em 2018).

O Sporting dominou por completo, tanto na I Divisão (Benfica e J. Vidigalense completaram o pódio, como em 2018) como nos escalões jovens (sub’23, juniores e juvenis).

PÓDIO:

1ª PATRÍCIA MAMONA (SPORTING)

Foi a melhor atleta nacional do ano pela quinta vez nas últimas oito épocas, graças aos seus recordes nacionais do triplo (14,36 e 14,44) e ao 4º lugar no Europeu (com 14,43)… que soube a pouco, num concurso de bom nível. Esteve regular acima dos 14 metros (sete concursos) e melhorou também o seu recorde pessoal no comprimento, de 6,28 para 6,34.

2ª SUSANA COSTA (AC. F. RIBEIRO)

Tinha como melhor 13,99 em pista coberta e 14,35 ao ar livre e, no Europeu, chegou aos 14,43, a um só centímetro do recorde nacional de Patrícia Mamona, com quem apenas perdeu nesta prova no desempate pelo segundo melhor ensaio. Antes, já havia conseguido 14,13 (derrotou Mamona no Campeonato de Portugal) e 14,28 na qualificação do Europeu.

3ª EVELISE VEIGA (SPORTING)

Continua a progredir, tanto no comprimento (6,23 em 2017, 6,32 em 2018 e 6,46 esta época) como no triplo (12,94-13,37-13,48), sendo já a segunda e terceira portuguesa de sempre, respetivamente.

A CONFIRMAÇÃO: BEATRIZ ANDRADE (SPORTING)

Ex-atleta do Torreense, foi a revelação da época de 2018, graças aos progressos então conseguidos nos 60 m (7,59) e nos 200 m (25,08). Voltou a melhorar esta época, para 7,50 (é já a 3ª júnior de sempre) – não correu 200 m.

A REVELAÇÃO: BEATRIZ RIOS (A. MONTANHA)

Não houve grandes revelações esta época, no setor feminino, mas esta jovem (ainda juvenil de 1º ano) destacou-se, com 9.54,11 aos 3000 m (marca que a coloca como quinta juvenil de sempre) e folgada campeã nacional de corta-mato.

 OS PÓDIOS ANUAIS DA REVISTA ATLETISMO

1996      1ª Fernanda Ribeiro             2ª Carla Sacramento             3ª Lucrécia Jardim

1997      1ª Marina Bastos                  2ª Fernanda Ribeiro             3ª Carla Sacramento

1998      1ª Fernanda Ribeiro             2ª Carmo Tavares                 3ª Lucrécia Jardim

1999      1ª Isabel Abrantes                2ª Carmo Tavares                 3ª Ana Dias

2000      1ª Elisabete Tavares             2ª Sónia Carvalho                 3ª Marta Godinho

2001      1ª Carla Sacramento             2ª Isabel Abrantes                3ª Severina Cravid

2002      1ª Naide Gomes e Carla Sacramento                                3ª Sónia Carvalho

2003      1ª Naide Gomes                   2ª Elisabete Tavares             3ª Nédia Semedo

2004      1ª Naide Gomes                   2ª Sandra Teixeira                3ª Susana Costa

2005      1ª Naide Gomes                   2ª Elisabete Tavares             3ª Nédia Semedo

2006      1ª Naide Gomes                   2ª Anália Rosa                      3ª Elisabete Tavares

2007      1ª Naide Gomes                   2ª Susana Costa                    3ª Inês Henriques

2008      1ª Naide Gomes                   2ª Jéssica Augusto                3ª Elisabete Tavares

2009      1ª Sara Moreira                    2ª Jéssica Augusto                3ª Eleonor Tavares

2010      1ª Naide Gomes                   2ª Jéssica Augusto                3ª Sara Moreira

2011      1ª Naide Gomes                   2ª Sara Moreira                     3ª Sónia Tavares

2012      1ª Patrícia Mamona              2ª Eleonor Tavares               3ª Sónia Tavares

2013      1ª Sara Moreira                    2ª Ana Cabecinha                 3ª Patrícia Mamona

2014      1ª Patrícia Mamona              2ª Eleonor Tavares               3ª Eva Vital

2015      1ª Patrícia Mamona              2ª Ana Cabecinha                 3ª Cátia Azevedo

2016      1ª Marta Onofre                   2ª Ana Cabecinha                 3ª Lecabela Quaresma

2017      1ª Patrícia Mamona              2ª Lecabela Quaresma          3ª Susana Costa

2018      Cátia Azevedo                     2ª Lorène Bazolo                  3ª Lecabela Quaresma

2019      Patrícia Mamona                  2ª Susana Costa                    3ª Evelise Veiga

RECORDES NACIONAIS DE PISTA COBERTA BATIDOS EM 2018/19

ABSOLUTOS

Triplo            Patrícia Mamona (Sporting CP)     14,36 (=)          Karlsruhe        02-02-2019

Patrícia Mamona (Sporting CP)          14,44          Madrid            08-02-2019

JUNIORES

1500 m         Mariana Machado (SC Braga)     4.22,01          Sabadell          06-02-2019

4×400 m       SL Benfica                                4.01,75          Braga              24-02-2019

(Margarida Veiga-Mafalda Marques-Luana Crisóstomo-Catarina Lourenço)

4×400 m       Sporting CP                              3.56,10          Pombal            03-03-2019

(Beatriz Gameiro-Carina Silva-Beatriz Cruz-Juliana Guerreiro)

MELHORES DO ANO PROVA A PROVA                  

60 m         Lorène Bazolo              SCP         7,30

200 m       Carina V. Pereira          SCP         25,77

400 m       Cátia Azevedo             SCP         53,43

800 m       Cátia Azevedo             SCP         2.05,96

1500 m     Mariana Machado        SCB         4.22,01

3000 m     Dulce Félix                   SLB        9.13,40

60 bar.      Olímpia Barbosa          SCP         8,20

Altura      Anabela Neto               SCP          1,82

Vara         Eleonor Tavares           SCP         4,27

Comp.      Evelise Veiga               SCP         6,46

Triplo       Patrícia Mamona          SCP         14,44

Peso         Eliana Bandeira            SLB        16,62

Pentatlo   Lecabela Quaresma      SLB         4152

3 km M    Ana Cabecinha             COP        12.49,80

4×400 m   Sporting CP                 SCP        3.48,60

Atleta estrangeira com melhor marca: peso – Auriol Dongmo CMR (SCP) 16,95

Rankings completos: http://atletismo-estatistica.pt/anuais/absolutos-p-cob-2019-f-word-2/

SUBIDAS NO TOP’10 NACIONAL DE SEMPRE

1ª   Patrícia Mamona      SCP       triplo            14,44

2ª   Evelise Veiga           SCP       comp.           6,46

2ª   Susana Costa            AFR      triplo            14,43

3ª   Olímpia Barbosa       SCP       60 bar.         8,20

3ª   Evelise Veiga           SCP       triplo            13,48

3ª   Eliana Bandeira        SLB       peso            16,62

4ª   Francislaine Serra     SCP       peso           16,10

5ª   Ana M. Oliveira       GAF      altura            1,77

6ª   Yariagnis Arguelles  SCP       comp.           6,36

6ª   Shaina Mags             SCP       triplo          13,19

7ª   Patrícia Mamona      SCP       comp.          6,34

9ª   Rosalina Santos        SCP       60 m          7,48

9ª   Ana M. Oliveira       GAF      triplo            12,99

10ª Beatriz Andrade       SCP       60 m          7,50

10ª Jéssica Barreira         SCP       comp.       6,28

SUBIDAS NO TOP’5 NACIONAL DE SUB’23

5ª   Jéssica Barreira         SCP       comp.          6,28

5ª   Jéssica Barreira         SCP       triplo           12,90

SUBIDAS NO TOP’5 NACIONAL DE JUNIORES

1ª   Mariana Machado    SCB      1500 m       4.22,01

3ª   Beatriz Andrade       SCP       60 m         7,50

3ª   Mariana Machado    SCB      3000 m       9.23,73

3ª   Sara Moreira             AJS       60 bar.     8,51

4ª   Catarina Lourenço    SLB       60 m         7,53

SUBIDAS NO TOP’5 NACIONAL DE JUVENIS

5ª   Beatriz Rios              AM        3000 m       9.54,11

5ª   Elena Furk                ACM     altura          1,70

5ª   Débora Quaresma     SCP       peso           14,21

Deixar Resposta