Selecionados 20 atletas para os Jogos Europeus

1
1059

Já foram divulgados os nomes de 20 selecionados do atletismo para os II Jogos Europeus, a realizar em Minsk (Bielorússia), de 21 a 30 de junho, com um conjunto de 15 modalidades. Há quatro anos, na primeira edição dos Jogos, em Baku (Azerbeijão), a III Divisão da Taça da Europa de Seleções foi utilizada para “preencher” o atletismo. Desta feita, a Associação Europeia “inventou” um DNA (Dynamic New Athletics), que consiste numa competição coletiva com um atleta de cada país por prova, com três provas masculinas, quatro femininas e duas estafetas mistas, uma das quais (800+600+400+200 m) a fechar cada encontro (e a ser decisiva), partindo cada equipa por ordem inversa das classificações coletivas: cada ponto atrasa 0,333 segundos. Haverá quatro fases e um total de 24 seleções: na primeira (dia 23 de junho), com quatro grupos de seis seleções, Portugal defrontará Espanha, Ucrânia, Turquia, Bulgária e Dinamarca. As vencedoras e as duas melhores segundas classificadas apuram-se para as meias-finais; as restantes disputarão no dia seguinte uma repescagem, com três grupos, apurando-se as duas primeiras. No dia 26, serão as meias-finais, com dois grupos de seis seleções, apurando-se as três primeiras de cada para a final do dia 28. A pontuação em cada uma das provas (exceto a estafeta final denominada The Hunt, ou seja, A Caçada) será de 12-10-8-6-4-2 pontos.

Portugal selecionou 20 atletas sem indicação de provas. Mas deverão ser as seguintes: Carlos Nascimento (100 m), Lorène Bazolo (100 m), Samuel Remédios (110 m barreiras), Olímpia Barbosa (100 m barreiras), Paulo Conceição (altura), Evelise Veiga (comprimento), Cláudia Ferreira (dardo), Ricardo Santos, Cátia Azevedo, João Coelho e Rivinilda Mentai (4×400 m mistos) e ainda  José Carlos Pinto, Mauro Pereira, Diogo Pinhão, Pedro Bernardo, Tiago Pereira, Patrícia Silva, Andreia Crespo, Joana Carlos e Jéssica Barreira.

1 Comentário

  1. Brincadeiras de muito mau gosto inventadas por pessoas incompetentes que mancham em muito a imagem do Atletismo. A FPA faz mal em prestigiar esta brincadeira com atletas (a ter mesmo de ir que levasse só juvenis/juniores seria o mais correto).

Deixar Resposta