22ª Corrida da Árvore | Monsanto sempre com muito encanto

0
895

Monsanto voltou a ser o palco de mais uma corrida, esta da Árvore e que reuniu 873 atletas, uma quebra significativa face aos 1040 do ano passado e aos 1124, recorde fixado em 2014. Vai-se confirmando a tendência já observada no último ano: há mais corridas, há mais corredores mas há menos participantes em cada uma. A oferta suplanta a procura.

Mas quem lá foi, gostou certamente, até porque a organização esteve exemplar. É um prazer correr no verdejante Monsanto, o grande pulmão verde da capital. Já se sabe que o percurso na distância de 10 km, não é fácil, com muito sobe e desce mas os amantes da natureza e da corrida, gostam destes desafios.

Filipe Januário e Alexandra Sousa vencem com mais de meio minuto de avanço

Filipe Januário (C. Millennium BCP) inscreveu pela primeira vez o seu nome na lista dos vencedores da prova, ao cortar a meta destacado em 34m49s. O segundo lugar foi disputado entre João Ferreira (Indiv.) que chegou 47 segundos depois e André Januário (C. Millennium BCP), o vencedor no ano passado, a 49.

Em femininos, classificaram-se 220 (25,2%) atletas. Alexandra Sousa confirmou o triunfo de 2016 ao ser a 14ª da geral com 39m28s. Nos lugares imediatos, ficaram a sportinguista Kcénia Bougrova a 31 segundos e Noémia Sequeira (SS CGD) a distantes 7m34s. Bárbara Cid foi a última com 1h37m28s.

Realizou-se ainda uma Caminhada na distância de 4 km. Todos, corredores e caminheiros, foram contemplados com a tradicional árvore que a ser plantada, contribuirá para uma melhoria do ambiente.

FREDERICO RAPOSO | INDIVIDUAL

corrida-da-arvore2017-frederico-raposoTem 30 anos e é consultor. Corre há seis anos e estreou-se na Corrida do Benfica. Treina 1/2 vezes por semana mas frequenta ainda ao ginásio. Veio para o atletismo por sua iniciativa e privilegia o percurso como o fator mais importante numa corrida. Nunca desistiu e gostou da organização de prova. Foi o 426º da geral com 56m17s.

 

SARA PAULINO | INDIVIDUAL

corrida-da-arvore2017-sara-paulinoTem 34 anos e é lojista. Corre há 15 anos e estreou-se na Mini da Ponte 25 de Abril. Treina uma vez por semana e veio para as corridas por sua iniciativa. Numa prova, dá mais importância aos abastecimentos e ao percurso. Nunca desistiu numa prova e gostou da organização. Foi a 435ª da geral e 14ª do escalão com 56m36s.

 

VÂNIA MUGE | INDIVIDUAL

corrida-da-arvore2017-vania-mugeTem 29 anos e também é lojista. Corre há dois anos e estreou-se na Corrida do Atlântico, na Costa da Caparica. Treina uma vez por semana e está nas corridas por influência do seu esposo. Valoriza os abastecimentos e o percurso numa prova. Gostou da organização e fez um tempo à volta de uma hora. Correu com o dorsal 201 mas não aparece na classificação.

 

JOSÉ SILVA | INDIVIDUAL

Tem 31 anos e é bancário. Corre há 2,5 anos e estreou-se na Corrida do Benfica. Treina 1/2 vezes por semana e veio para o atletismo trazido por alguém. Numa corrida, dá mais importância aos abastecimentos. Nunca desistiu e quanto à organização, gostou. “Esteve melhor que na Corrida da Água”. Classificou-se em 567º lugar com 60m46s. Escusou-se a tirar uma foto para enquadrar esta mini entrevista.

RESULTADOS 22ª CORRIDA DA ÁRVORE/LISBOA (05/02)

Masculinos

1º Filipe Januário (C. Millennium BCP) 34.49; 2º João Ferreira (Indiv.) 35.36; 3º André Januário (C. Millennium BCP) 35.38; 4º Sandro Pinto (Run Lovers) 36.48; 5º Paulo Carvalho (FF Paz Mundial e Unif.) 37.28; 6º Sérgio Pereira (Clube Vodafone) 37.57; 7º Rui Henriques (SS Montepio Geral) 38.05; 8º Luís Cardoso (FF Paz Mundial e Unif.) 38.15; 9º Vítor Marques (Correr Lisboa) 38.40; 10º Nuno Soares (Correr Lisboa) 38.51

Femininos

1ª Alexandra Sousa (Indiv.) 38.28; 2ª Kcénia Bougrova (Sporting CP) 39.59; 3ª Noémia Sequeira (SS CGD) 47.02; 4ª Ana Correia (Margil) 47.20; 5ª Ana Sobreira (Indiv.) 48.39

Deixar Resposta