21 de Agosto: Aniversário de Paulo Guerra/O “queniano” branco dos anos 90

0
2569

Paulo Guerra nasceu em 21 de Agosto de 1970, em Barrancos. Representou o GD Diana (1988), Arraiolense (1989), Sporting CP (1990 a 1993), Maratona CP (1994 a 2006), GDR Conforlimpa (2007) e novamente o Maratona CP em 2008.

Começou a dar nas vistas ao sagrar-se campeão nacional de juniores de corta-mato em 1989, em representação do Arraiolense. Na época seguinte, já sénior, ingressou no Sporting, passando a ser treinado por Moniz Pereira.

O corta-mato foi a grande especialidade de Paulo Guerra. Foi quatro vezes campeão e uma vez vice-campeão da Europa e obteve uma medalha de bronze num Mundial. Foi o melhor especialista nacional de corta-mato depois de Carlos Lopes. Chegaram a apelidá-lo de “queniano branco”…

Não foi tão bom na pista como na estrada. Mas distinguiu-se nos 10.000 metros. Sagrou-se campeão ibérico e nacional em 1994 e 1995, foi quinto no Campeonato da Europa de 1994 e oitavo no Campeonato do Mundo de 1995.

Em 1998, decidiu dedicar-se à maratona e estreou-se com uma boa classificação ao ser sexto em Berlim, com 2h 11m 01s.

Vários problemas físicos começaram a afetá-lo e, excetuando um então surpreendente segundo lugar no Campeonato de Portugal de Corta-Mato de 2007, não conseguiu outras posições de relevo.

Continua ligado à modalidade e a participar em provas de estrada, agora num espírito lúdico.

Palmarés internacional

– Campeão europeu de corta-mato em 1994, 1995, 1999 e 2000 e 2º em 1996

– Melhor europeu nos Mundiais de corta-mato de 1994 (13º), 1995 (6º) e 1999 (3º)

– 2º no Challenge da IAAF de corta-mato em 1995

– Vencedor individual da Taça dos Clubes Campeões Europeus de corta-mato em 1995, 1996, 1997 e 1999 e de estrada em 1994, 1995 e 2000

– 5º nos 10.000 m do Europeu de Helsínquia’94

– 8º nos 10.000 m do Mundial de Gotemburgo’95

– Vice-campeão ibero-americano de 10.000 m em Lisboa’98

– Vencedor dos Campeonatos Ibéricos de 10.000 em 1994 e 1995

– 8º no Europeu de Juniores de 1989 (3.000 m obstáculos)

Internacionalizações

Foi 30 vezes internacional, incluindo uma edição dos Jogos Olímpicos, um Mundial, dois Europeus, 11 Mundiais de corta-mato, 10 Europeus de corta-mato e um Mundial de Estrada.

Recordes pessoais
1.500 m 3.43,38 1996
Milha 4.09,7 1991
3.000 m 7.49,94 1996
3.000 m Obst. 8.43,86 1991
5.000 m 13.18,59 1995
10.000 m 27.50,17 1998
1/2 Maratona 1.01.53 1996
Maratona 2.11.02 1998
Ranking nacional
3.000 m 14º
5.000 m
10.000 m
15 km Estrada
1/2 Maratona 11º
Maratona 12º

 

Títulos nacionais absolutos

– 10.000 m: 1994 e 1995

– Corta-mato: 1005, 1996, 1997, 1999, 2001

Títulos nacionais escalões jovens

– Sub’23: 3.000 obstáculos em 1991

– Juniores: corta-mato em 1989

PARABÉNS PAULO GUERRA!

Deixar Resposta