24 de Setembro: Aniversário de Eleonor Tavares/Desde sempre na vara

0
668

Eleonor Tavares nasceu em 24 de Setembro de 1985, em Lisboa. Em Portugal, representou o Marítimo em 2002 e 2003, Benfica em 2009 e Sporting de 2010 a 2013 e desde 2016.

Ela é uma das três irmãs residentes em França que marcaram uma época no salto à vara desde o início do século até 2015. Filhas de pais cabo-verdianos, que passaram por Espanha, estiveram vários anos em Portugal e emigraram para França, fixando-se nos arredores de Paris.

Eleonor Tavares é a mais nova das quatro irmãs. “Comecei a praticar atletismo no ano a seguir à Sandra Helena e dediquei-me desde logo ao salto com vara.” Foi também a que conseguiu chegar mais alto, passando 4,50 em 2011, marca que igualou em 2016.

Nunca tendo deixado de trabalhar e apesar do apoio dos clubes portugueses que a contratou (em especial o Sporting) – as equipas francesas, que ela sempre representou em simultâneo, apenas lhe facultou locais de treino e treinadores. Apesar de estar entre as melhores especialistas francesas, foi-lhe difícil ir muito mais além.

Recordes nacionais ao ar livre

Absoluto (4,50 m em 2011 – já batido), Juvenis (3,85 em 2002) e Iniciadas (3,45 em 2000)

Recordes nacionais em pista coberta

Absoluto (4,44 em 2014 – já batido), Sub’23 (4,15 em 2007), Juvenis (3,76 em 2002) e Iniciadas (3,40 em 2000)

Internacionalizaçõesar livre (7)

– Jogos Olímpicos de 2012

– Camp. Mundo de 2011

– Camp. Europa de 2010, 2012, 2014 e 2016

– Europeu de Seleções de 2011 – Superliga e 2013 – I Liga

– Jogos do Mediterrâneo de 2018

Internacionalizaçõespista coberta (3)

– Camp. Europa de 2007, 2009 e 2011

Pódios em Campeonatos de Portugal

– 4 vezes campeã de Portugal (ar livre) em 2009, 2011 e 2012 e 2014; 2ª em 2006, 2015 e 2016; 3ª em 2005, 2008 e 2010

– 8 vezes campeã de Portugal (pista coberta) em 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2018 e 2019; 2ª em 2009 e 2016; 3ª em 2008

– Campeã nacional sub’23 (pista coberta) em 2006 e 2007, júnior (ar livre e pista coberta) em 2002 e juvenil (ar livre) em 2002.

PARABÉNS ELEONOR TAVARES!

Deixar Resposta