27ª Corrida “Fim da Europa” | Mais de 2 mil invadem Cabo da Roca

0
3077

Foram duas horas e 25 minutos em que o Cabo da Roca esteve a receber com toda a pompa e dignidade, tanta gente cansada mas feliz.

Luís Vaz de Camões descreveu o Cabo da Roca como o local “Onde a terra se acaba e o mar começa”. Um padrão em pedra com uma lápide assinalam esta particularidade geográfica a quantos visitam este local.

Pois foi neste ponto mais ocidental da Europa, que mais de dois mil amantes da corrida e da natureza, terminaram mais uma edição da Corrida “Fim da Europa”. Vem sendo assim uma vez por ano no mês de Janeiro. O Cabo da Roca, apesar de habituado à visita diária de tantos turistas, suspira por este dia muito especial. Foram duas horas e 25 minutos em que ele esteve a receber com toda a pompa e dignidade, tanta gente cansada mas feliz.

E vão três de Bruno Lourenço

Bruno Lourenço alcançou um saboroso tri ao cortar a meta destacado em 1h01m23s, deixando Diogo Ramalheira a 54 segundos e Fernando Gomes a já 2m44s.

Em femininos, Tânia Fernandes foi a grande vencedora com o registo de 1h12m46s, seguida da vencedora de 2016, Isabel Silva, a 26 segundos e Patrícia Rivotti, a 2m25s. Shantel Smith foi o último com 2h25m.

Coletivamente, classificaram-se 145 equipas. Venceu o Peniche a Correr 1 em 3h25m12s, seguido da Casa do Benfica Algueirão-Mem Martins 1 a 3m12s e do CD TCPI 1 a 7m46s.

Quebra de participantes

Classificaram-se 2.071 atletas, uma quebra significativa (16,77%) face aos 2.481 do ano passado e aos 2.238 de 2015. Foram ainda desclassificados 30 participantes. Ainda assim, foi a terceira melhor participação de sempre. Quem lá vai correr, sabe da dureza dos quilómetros iniciais mas tudo isso é suplantado pela beleza do percurso, pelo domínio do verde da natureza. Este ano, a neblina esteve presente nos últimos quilómetros, conferindo uma beleza especial à prova.

Excelente organização

A organização mereceu nota alta. As duas partidas com um intervalo de 15 minutos ajudam a fluir a corrida inicial dos atletas. Não é fácil organizar uma prova que começa num lado e acaba a 17 km de distância. É preciso uma grande logística, particularmente nos transportes que funcionou. O bengaleiro esteve também bem organizado, sendo fácil a cada um recolher o seu saco. Todos foram contemplados com um saco com fruta e água e chá quente.

VITAL SOARES  | VISEU 360

fim-da-europa2017-vital-soaresTem 35 anos e é montador de mobiliário. Corre há dois anos e estreou-se na Liberty Seguros disputada em Viseu. Treina três vezes por semana e veio para a modalidade por sua iniciativa. Antes, jogou futsal durante seis anos. Numa corrida, valoriza mais o percurso e o convívio. Já desistiu uma vez, num trail. Gostou da organização da prova e classificou-se em 266º lugar com 1h22m20s.

 

SARINA SANTOS | INDIVIDUAL

fim-da-europa2017-sarina-santosTem 25 anos e é farmacêutica. Corre desde criança, a sua primeira prova foi aos 12 anos. Treina duas vezes por semana e veio para o atletismo convidada por amigos da Casa do Povo de Alcanena. Valoriza mais o trânsito numa corrida e nunca desistiu. Gostou muito da organização e foi a 1261ª da geral e 138ª feminina com 1h41m14s.

 

CARLOS CAGICA | CCD SIEMENS

fim-da-europa2017-carlos-cagicaTem 51 anos e é engenheiro eletrotécnico. Corre há quatro anos e estreou-se numa prova de 10 km em Lisboa. Treina uma vez por semana na estrada e duas vezes cross training. Ainda joga ténis de mesa. Veio para as corridas, trazido pelos colegas. Numa prova, aprecia a prova em si e o convívio. Nunca desistiu numa corrida e gostou da organização. Foi o 1701º da geral com 1h51m22s.

SÓNIA RICARDO | INDIVIDUAL

fim-da-europa2017-sonia-ricardoTem 39 anos e é babyssiter. Corre há um ano e estreou-se na Corrida do Atlântico, na Costa da Caparica. Treina-se 2/3 vezes por semana e veio para a modalidade por sua iniciativa. Numa prova, valoriza mais o percurso e uma boa sinalização. Nunca desistiu e gostou da organização. Foi a 1637ª da geral e 256ª feminina com 1h49m24s.

 

RESULTADOS 27ª CORRIDA “FIM DA EUROPA”/SINTRA 829/01)

Masc.: 1º Bruno Lourenço (Indiv.) 1.01.15; 2º Diogo Ramalheira (Indiv.) 1.01.25; 3º Fernando Gomes (Herbalife) 1.02.20; 4º João Catalão (Indiv.) 1.04.10; 5º Tiago Sousa (Indiv.) 1.04.50; 6º Leonardo Coelho (Run Lovers) 1.05.17; 7º Nuno Vaz (Falcões Selvagens) 1.05.25; 8º Samuel Rodrigues (C. Benf. Algueirão-Mem Martins) 1.05.43; 9º José Borges (Indiv.) 1.05.57; 10º Paulo Costa (Legionários) 1.05.57.

Fem.: 1ª Tânia Fernandes (GC Bragança) 1.12.49; 2ª Isabel Silva (Indiv.) 1.13.15; 3ª Patrícia Rivotti (SU Colarense) 1.15.19; 4ª Lúcia Oliveira (Generg) 1.15.49; 5ª Chantal Xhervelle (C. Pedro Pessoa EA) 1.17.17; 6ª Mariana Moreira (UF Comércio Indústria) 1.17.33; 7ª Sara Silva (Indiv.) 1.18.01; 8ª Teresa dos Santos (FDR Advogados) 1.18.29; 9ª Paula Marques (EDV-Viana Trail) 1.18.28; 10ª Rita Mineiro (CDUL) 1.20.16.

Equipas: 1ª Peniche a Correr 1 (3.25.12); 2ª C. Benfica Algueirão-Mem Martins 1 (3.28.24; 3ª CD TCPI 1 (3.32.58); 4ª Caracóis de Pedra 1 (3.36.09; 5ª Correr Lisboa 1 (3.40.35)

Deixar Resposta