31 de Maio: Aniversário de Aurora Cunha/Uma das melhores fundistas nacionais de sempre

0
3117

Aurora Cunha nasceu em 31 de Maio de 1959, em Ronfe, freguesia do concelho de Guimarães. Representou a Juventude de Ronfe entre 1976 e 1977 e depois o FC Porto, desde 1978 até 1992.

Começou a correr aos 16 anos, logo com um triunfo numa prova na sua terra. Meses depois, destacou-se no Campeonato Nacional de Juniores, disputado no Estádio Nacional ao vencer os 1.500 m e os 3.000 m.

Foi uma das primeiras grandes fundistas nacionais, contemporânea de Rosa Mota. Entre 1976 e 1985, bateu 37 recordes nacionais dos 800 aos 10.000 metros. Bateu o recorde nacional de 1.500 metros por 10 vezes, desde os 4.42,8 da estreia, aos 4.09,31 em 1983; o de 3000 metros foi batido 12 vezes, de 10.10,6 até 8.46,37. Nos 5000 e 10.000 metros, esteve entre as melhores atletas mundiais na época.

O seu ponto forte foi na estrada. Venceu três anos consecutivos os Campeonatos do Mundo Femininos de 10 e 15 km, entre 1984 (ainda como 10 km) e 1986 (já como 15 km), sendo terceira três anos depois. Venceu as maratonas de Paris, Tóquio, Chicago e Roterdão. Foi ainda segunda em Nagoya e terceira em Londres, onde bateu o seu recorde pessoal com 2.28.11. Mas nunca foi feliz nas grandes competições, desistindo nos Jogos Olímpicos de Seoul’1988 e Barcelona’1992 e ainda no Mundial de Tóquio’1991.

Aurora Cunha esteve em três Jogos Olímpicos, estreando-se em Los Angeles’1984 com um sexto lugar nos 3000 metros. Esteve em três Campeonatos do Mundo e em três Campeonatos da Europa, sendo quarta em Estugarda’1986, nos 10.000 m. Outro ponto alto da sua carreira foi quando venceu os 10.000 metros da Taça do Mundo de 1985.

Obteve sete medalhas coletivas em Campeonatos do Mundo de 15 km em estrada (ouro em 1987 e 1990; prata em 1984, 1986 e 1989), corta-mato (bronze em 1990) e estafeta em estrada (ouro em 1992)

Foi 46 vezes internacional: 28 em pista (incluindo 3 Jogos Olímpicos 2 Mundiais e 3 Europeus), 2 em pista coberta (Europeus), 9 em corta-mato (Mundiais) e 7 em estrada (6 Mundiais de 15 km e 1 Mundial de Estafetas)

Foi ex-recordista nacional de 800 m, 1000 m, 1500 m, 2000 m, 3000 m, 5000 e 10.000 m e meia-maratona, num total de 43 recordes batidos

Títulos nacionais absolutos (23)

– 1.500 m: 1978, 1979, 1980, 1982, 1983 e 1984

– 3.000 m: 1976 a 1979, 1982 a 1984 e 1987

– 5.000 m: 1982 a 1985

– 4×100 m: 1985

– Corta-mato: 1979, 1980, 1983 e 1986

Títulos nacionais jovens (5)

– Juniores: 1500 m – 1976 e 1977; 3000 m – 1976 e 1977; corta-mato – 1977

Continua ligada à modalidade através da Runporto. Apresentou recentemente o seu livro  “Uma Vida de Paixões”, onde fala da sua carreira e das suas conquistas. O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve presente na apresentação do livro.

Recordes pessoais
800 m 2.05,4 1982
1.500 m 4.09,31 1983
3.000 m 8.46,37 1984
5.000 m 15.06,96 1985
10.000 m 31.29,41 1986
1/2 Maratona 1.09.37 1989
Maratona 2.28.11 1989

PARABÉNS AURORA CUNHA!

Deixar Resposta