8 de Agosto: Aniversário de Marcos Chuva/A só 2 cm do recorde nacional do comprimento!

0
541

Marcos Chuva nasceu em 8 de Agosto de 1989, em Oeiras. Representou dois clubes: o CA Salesianos de Manique entre 2000 e 2006 e o SL Benfica desde 2007.

Marcos Chuva é mais um produto da Escola Salesiana de Manique e do prof. Fernando Pereira, que o continua a treinar.

Revelou-se em 2006, tendo-se sagrado campeão da FISEC em 110 m barreiras, altura e comprimento e campeão nacional juvenil de 110 barreiras e comprimento (e ainda 2º nos 400 m barreiras).

Depois, já no Benfica, enveredou pelo comprimento, embora se tenha chegado a notabilizar nos 110 m barreiras ao derrotar João Almeida nos Nacionais da I Divisão de 2008 e 2009, tendo como recorde pessoal 14,17 s.

Chegou em 2008, aos 7,80 m no salto em comprimento como júnior, ano e que se sagrou pela 1ª vez campeão de Portugal.

Em 2011, conseguiu 8,34 m, a escassos dois centímetros do recorde nacional do comprimento que pertence a Carlos Calado desde 1997, com 8,36 m.

Falhou o Europeu de Barcelona’2010 por lesão mas brilhou na época seguinte. Sagrou-se vice-campeão europeu de sub’23, com 7,94 m e esteve no Mundial de Daegu,

Fez depois uma aposta total no atletismo. Esteve um ano sem estudar, antes de entrar para a Faculdade de Belas Artes, para o curso de design de comunicação. As épocas seguintes foram menos felizes, muito marcadas por lesões e nomeadamente, por uma pubalgia.

Em 2012, apesar de uma paragem no inverno por lesão, ainda chegou aos 8,00 m em pista coberta e foi 7º no Europeu, com 7,92 m.

Em 2013, foi terceiro nas Universíadas com a sua segunda marca de sempre: 8,15 m. Os três anos seguintes primaram pela irregularidade, com muitas lesões. Foi recentemente suspenso pela Federação por falha na indicação do paradeiro para controlo antidoping.

O seu objetivo continua a ser a aproximação dos 8,34 m e do recorde nacional de Carlos Calado.

Recordes pessoais
Comprimento 8,34 2011
100 m 10,71 2009
110 m barreiras 14,17 2009
400 m barreiras 56,08 2006
Altura 1,97 2008
Triplo 13,9 2007

Campeão sénior no Comprimento

Ar livre: 2008/2009/2011 a 2015 e 2017

Pista Coberta: 2011/2012/2016 e 2017

Internacionalizações (no comprimento, salvo indicação):

– Jogos Olímpicos de 2012

– Campeonato do Mundo de 2011 e 2013

– Campeonato da Europa de 2012

– Campeonato da Europa de pista coberta de 2011 e 2017

– Campeonato Ibero-Americano de 2010 e 2016

– Universíadas de 2013

– Campeonato da Europa de Seleções de 2010, 2011, 2013 e 2017

– Campeonato da Europa de Sub’23 de 2009 e 2011

– Campeonato do Mundo de Juniores de 2008 (em 110 barreiras)

– Jogos da FISEC de 2004 (4º nos 110 b, 5º na altura, 3º nos 4×100 m), 2005 (1º nos 110 bar. e altura, 2º nos 400 bar., 9º no comprimento) e 2006 (1º nos 110 bar., altura e comprimento)

– Campeonato Internacional Escolar (ISF) de 2004

PARABÉNS MARCOS CHUVA!

Deixar Resposta