8 de Novembro: Aniversário de Jéssica Augusto/Fundista de nível internacional

0
118

Jéssica Augusto nasceu em 8 de Novembro de 1981, em Paris. Representou o SC Braga (1996/97 a 2006), Maratona (2007 e 2008), Individual (2009 a 2015) e o Sporting CP desde 2016.

Nascida em França, filha de pais emigrantes, Jéssica Augusto mudou-se para Portugal aos sete anos de idade. Aos 14 anos, ingressou no atletismo do SC Braga, então com grandes nomes do atletismo nacional, como Albertina Machado, Conceição Ferreira e Manuela Machado.

Foi campeã de corta-mato, 1.500 e 3.000 m como juvenil e júnior e, em finais de 2000, aos 19 anos, surpreendeu ao sagrar-se campeã da Europa júnior de corta-mato, em Malmoe.

Teve uma quebra quando passou a sénior até que em 2006, deixou Sameiro Araújo e passou a ser orientada por João Campos, deslocando-se diariamente de Braga à Maia para treinar. Uns meses depois, deixou o SC Braga por um contrato bem mais vantajoso com o Maratona. Dois anos depois, passou a Individual, patrocinada pela Nike.

Os progressos foram evidentes. Ganhou três títulos nacionais de corta-mato e dois de estrada e foi, em 2007, a melhor europeia no Mundial de crosse (12ª). Depois, ganhou os 5.000 m nas Universíadas de Bangkok e, logo a seguir, foi finalista no Mundial de Osaca. No final do ano, foi segunda no Europeu de Corta-Mato. Em 2010, chegou finalmente ao pódio de uma grande competição de pista, sendo terceira nos 10.000 m do Europeu. Dias depois, seria quarta nos 5.000 metros. Três anos depois, análises antidoping da russa Inga Abitova (2ª) e da turca Alemitu Bekele (1ª), fizeram-na subir aos 2º e 3º lugares, respetivamente.

As grandes proezas chegariam depois: no final desse ano, nas Açoteias, sagrou-se campeã da Europa de Corta-Mato. Nos seus segundos Jogos Olímpicos, foi sexta na maratona. Lesionou-se a seguir, passou quase em branco a época de 2013 e regressou à maratona em Yokohama, no final do ano, sendo terceira. Já sob a orientação de um novo treinador, Nogueira da Costa, voltou a destacar-se em 2014, ao ser sexta na Maratona de Londres, com um novo recorde pessoal (2.24.25), e terceira na maratona do Europeu de Zurique.

Fez depois uma pausa na carreira para ser mãe de uma menina (em junho), recomeçando a treinar dois meses depois, com vista aos Jogos do Rio’2016. E, entretanto, deixou de ser Individual para ingressar no Sporting. Regressou às provas de pista (em provas do clube), embora a grande aposta continuasse a ser na estrada: foi terceira na meia-maratona do Europeu, mas desistiu na maratona olímpica. No início de 2017, regressou aos títulos nacionais de corta-mato e estrada, nove anos depois! .

Recordes pessoais
800 m pc 2.07,97 2002
1.000 m 2.49,5 2001
1.500 m pc 4.07,89 2010
Milha pc 4.32,58 2009
3.000 m 8.41,53 2007
3.000 m obst. 9.18,54 2010
5.000 m 14.37,07 2010
10.000 m 31.19,15 2010
1/2 Maratona 1.09.13 2012
Maratona 2.24.25 2014

Principais feitos

– Campeã da Europa de Corta-Mato em 2010 (vice-campeã em 2008; 4ª em 2009)

– Vice-campeã da Europa de 10.000 m em 2010 (3ª nos 5.000 m)

– 3ª na maratona do Europeu de 2014 e na Meia-Maratona do Europeu de 2016

– 6ª na maratona dos Jogos Olímpicos de 2012

– Campeã da Europa de juniores de Corta-Mato em 2000

– Representou a Europa nos 5.000 m da Taça Intercontinental de 2010 (7ª)

– Campeã mundial universitária de 5.000 m em 2007

– Vencedora dos 3.000 m do Campeonato Ibero-Americano em 2004, 2006 e 2010

– 46 vezes internacional, em pista (incluindo 3 Jogos Olímpicos, 4 Mundiais e 3 Europeus), corta-mato (7 Mundiais e 8 Europeus) e pista coberta (2 Mundiais e 3 Europeus)

PARABÉNS JÉSSICA AUGUSTO!

 

Deixar Resposta