A maratona e a marcha dos Jogos Olímpicos 2020 terão lugar em Sapporo

0
775

A deslocalização da maratona e da marcha para Sapporo é uma decisão final do Comité Olímpico Internacional (COI), anunciou ontem John Coates, presidente da Comissão de Coordenação dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

O anúncio do COI de transferir a maratona e a marcha para Sapporo, a mais de 1.000 km a norte do Japão, tem a ver com o muito calor previsto para a capital nipónica.

John Coates disse que compreendia a grande deceção dos habitantes de Tóquio mas insistiu que a decisão era definitiva, quaisquer que sejam os argumentos das autoridades da capital nipónica.

O COI ficou chocado com o que viu em Doha

“O COI ficou chocado com aquilo que viu em Doha, em condições muito semelhantes aquelas que se preveem para Tóquio no que diz respeito ao calor e humidade”, sublinhou John Coates para quem “a saúde e o bem-estar dos atletas estão antes de tudo”.

O dirigente reencontrou-se com a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, que se tinha mostrado hostil a esta decisão do COI. Ele sublinhou que outras soluções apresentadas como avançar a hora da partida para as 3 h da madrugada, não eram realizáveis devido a problemas de transporte e à dificuldade de assegurar a transmissão televisiva de uma prova disputada à noite.

Deixar Resposta