A osteopatia na corrida

0
3218

A osteopatia é uma filosofia do Sistema de saúde e uma arte distinta, sustentada pelo crescimento dos conhecimentos científicos.

Andrew Taylor Still, o criador da Osteopatia, já mencionava a importância da estrutura e função corporal coordenadas e a importância do aparelho músculo-esquelético para a manutenção da saúde do indivíduo. No século XIX, com as suas habilidades manuais, conseguia o alívio para entorses, contracturas, lombalgias agudas, torcicolos, inflamações locais, pubalgias, entre outras. Muitos atletas lesionados procuraram Andrew Taylor Still para serem tratados com a Osteopatia.

O princípio básico da Osteopatia é a liberdade de movimento e no desporto, é essencial existir um movimento harmonioso e perfeito para a performance dos atletas.

Como atleta de fundo, descobri a importância da osteopatia no atletismo, com uma experiência pessoal muito favorável. Desde então, procuro explicar aos meus pacientes, praticantes de atletismo, que as disfunções, inicialmente, são silenciosas e normalmente não causam sintomas. Este pode ser o início de uma cadeia lesional, ou seja, o corpo começará a compensar aquela disfunção criando adaptações estruturais e musculares, levando muitas vezes a uma lesão que se mantém no tempo.

Os atletas têm consciência do seu corpo. Quando sentirem uma sobrecarga exagerada e perca de mobilidade no corpo, é importante consultarem um osteopata.

O tratamento osteopático envolve uma avaliação detalhada de cada atleta como um ser individual, onde é analisada a sua postura, alterações estruturais, musculares e neurológicas.

São utilizadas técnicas manuais, incluindo técnicas de tecidos moles, técnicas de energia muscular, alongamento, mobilização, inibição e manipulação, se necessário. Após o tratamento de osteopatia, o risco de lesão diminui e a flexibilidade e mobilidade articular aumenta, permitindo restaurar a harmonia e eficácia no atletismo.

Fazer atletismo é muito mais que ter como principio uma partida e como fim, uma chegada. Para mim, é desafiar o nosso corpo envolvendo a mente. A osteopatia ajuda o atleta a conseguir um estado de homeostasia corporal.

A prevenção é o segrego do sucesso do atleta.

Deixar Resposta