Acusação pede aumento de prisão de Pistorius de seis para 15 anos

0
1807

Advogados de acusação alegam que a condenação de seis anos é “chocantemente leve” e pedem aumento para 15 anos; atleta aguarda resultado de recurso na cadeia

Promotores sul-africanos entraram com um recurso nesta sexta-feira e pedem para que a sentença de Oscar Pistorius por assassinar a namorada Reeva Steenkamp em 2013 seja aumentada. É alegado ao Supremo Tribunal de Recursos da África do Sul que o período de seis anos é “chocantemente leve” e que Pistorius deveria ficar detido por pelo menos 15 anos. Os advogados do atleta paralímpico rebatem as críticas e dizem que a sentença é apropriada.

Oscar Pistorius foi condenado a cinco anos de prisão em 2014 pela morte de sua ex-namorada Reeva Steenkamp. Em Outubro do ano seguinte, os promotores atualizaram a sua condenação por assassinato e aumentaram a sua pena para seis anos. O Tribunal Inferior justificou-se à época por não ter determinado uma sentença prescrita de 15 anos dizendo que circunstâncias atenuantes, como reabilitação e remorso, compensaram outros fatores agravantes. Mas a promotora Andrea Johnson disse que a sentença não corresponde à gravidade do crime.

Pistorius não foi ao tribunal de Bloemfontein para se defender. Ele continua preso no Centro Correcional de Atteridgeville, em Pretória e aguarda lá o resultado do recurso.

 

 

 

Deixar Resposta