Aldeia Olímpica de Tóquio pode tornar-se hospital de campanha

0
118

O coronavírus está a atacar Tóquio com mais virulência, prova de que o adiamento dos Jogos Olímpicos foi a decisão mais acertada.

Pela primeira vez, a cidade superou os cem contágios e o Governo começa a pensar em tomar medidas mais restritivas para travar a progressão do vírus. Aproveitar as instalações olímpicas é uma das opções já pensadas.

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, explicou este fim de semana que uma das soluções para albergar pessoas infetadas é a utilização da aldeia olímpica, um complexo que ainda não está completamente terminado mas que conta com 5.600 apartamentos.

A aldeia olímpica conta com 24 edifícios e não há qualquer tipo de atividade nos seus arredores, o que favoreceria o controlo da pandemia e criar ali um eficiente hospital de campanha.

Deixar Resposta