Americano bate recorde da milha aos 71 anos

0
2040

Manter uma média de 3m26s/km não é uma tarefa fácil para a esmagadora maioria dos atletas populares. Mas imagine conseguir essa média aos 71 anos de idade. Foi o que o norte-americano Gary Patton conseguiu no passado dia 7 na pista coberta de New York Armory, batendo o recorde mundial da milha indoor para a sua faixa etária. Uns dias antes de completar 72 anos, ele recebeu o melhor presente que poderia ter: um tempo de 5.29,81.

A melhor marca mundial anterior para atletas entre 70 e 74 anos era de 5.32,40 e já durava 30 anos. No ano passado, na sua primeira tentativa em bater o recorde, o americano falhou por apenas dois segundos.

De volta às pistas, Patton contou que as suas duas primeiras voltas não foram ideais. Com um parcial de 2.49,20, ele percebeu que o recorde mundial da milha permaneceria intocável com aquela velocidade. Num impulso de coragem, decidiu apenas correr o mais rápido que conseguia. O esforço foi recompensado com uma marca que deve durar vários anos. “Às vezes, você começa a voar e funciona”. Engenheiro reformado, ele reconhece o privilégio que é manter a sua saúde em dia numa idade tão avançada.

Patton é dono de vários recordes dos Estados Unidos em provas de estrada de média distância. Mas só agora é que conseguiu o recorde mundial da milha em pista coberta.

O novo recordista mundial diz que não perdeu uma competição nacional de veteranos, ao ar livre ou em pista coberta, desde a primeira em 2008. “Mais ou menos 24 km por semana, é fácil para as minhas pernas”.

 

 

 

Deixar Resposta