André Costa e Vera Fernandes “descobrem” primeiro a meta na Meia Maratona dos Descobrimentos

0
204

(Fotos de Paulo Alfar)

O primeiro domingo de Dezembro já está registado na agenda de milhares de corredores com uma participação obrigatória na Meia Maratona dos Descobrimentos, que inclui ainda uma prova de dez quilómetros e uma caminhada com cinco.

Longe vai o tempo em que o rio chegava à beira do Mosteiro dos Jerónimos, na chamada “Praia do Restelo”. Se os Descobrimentos pertencem ao passado da nossa história, esta Meia Maratona, filha da Maratona dos Descobrimentos pertence ao presente.

Cheque aos bombeiros (1)Ao contrário do que sucedeu o ano passado em que choveu copiosamente, a manhã ainda que fria, apresentou-se cheia de um sol radioso. Dada a partida pelas 10 horas, os atletas passaram por alguns dos mais emblemáticos locais da nossa história, como o Mosteiro dos Descobrimentos, a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, os museus de Arte Popular, da Marinha e de Arqueologia e pelo Centro Cultural de Belém.

As hostilidades no seio do pelotão começaram logo cedo com André Costa (Aminhacorrida/Myprotein) a fazer uma corrida solitária, seguido de Carlos Cardoso (GFD Running) , o vencedor do ano passado. André Costa acabou por cortar a meta em 1h10m08s, com o seu mais direto adversário a meio minuto e Artur Santiago (NucleOeiras) a 1m24s.

Em femininos, Vera Fernandes (RB Running) fez uma prova à parte das suas adversárias, vencendo destacada em 1h18m27s, com a sul africana Tanya Posthumus a distantes 8m45s e a russa Evelina Shamarova a 10m33s. Carina Ferreira foi a última com 2h54m19s.

Triunfos de João Bragadeste e Ana Santos nos 10 km

Meia descNa prova mais curta, um grupo de cinco atletas destacou-se dos restantes, discutindo entre si o triunfo que sorriu a João Bragadeste (Marinha) em 32m14s, seguido de José Gaspar (Indiv.) a oito segundos e Emiliano Vieira (CF os Belenenses) a 11.

Em femininos, Ana Santos (Rio Maior Triatlo Clube) que havia vencido a Meia Maratona em 2016 e se sagrou no passado fim de semana tri-campeã nacional do Triatlo Longo, foi a mais rápida em 37m20s, com Alexandra Sousa (GFD Running) a 31 segundos e Sandra Conceição (Marinha) a já 1m59s. Tânia Gonçalves foi a última com 1h34m34s.

Menos participantes na Meia e mais nos 10 km

A Meia Maratona teve uma quebra de participantes, sendo mesmo a mais fraca das cinco edições. Se não vejamos:

2017 – 2422

2016 – 2638

2015 – 2887

2014 – 2454

2013 – 2487

Já a prova dos 10 km registou o segundo melhor registo.

2017 – 1064

2016 – 959

2015 – 1331

2014 – 1036

2013 – 1050

A organização mereceu nota elevada dos participantes. Foi mais uma manhã bem passada num dos locais emblemáticos da cidade. Venha a sexta edição!

ENTREVISTAS MEIA MARATONA

FREDERICO LAZARO/CORRER LISBOA

Frederico LázaroTem 38 anos e é técnico de marketing. Corre há quatro anos e estreou-se na Meia Maratona de Lisboa. Treina cinco vezes por semana e veio para o atletismo por sua iniciativa. Numa prova, valoriza mais a diversão e ainda os abastecimentos. Nunca desistiu e costuma participar nesta corrida. Classificou a organização como excelente, tendo sido o 113º da geral com 1h26m17s.

 

DEONILDE COSTA/ATLÉTICO CLUBE DE VERMOIL

Deonilde CostaTem 43 anos e é professora. Corre há seis anos e estreou-se num corta-mato na Marinha Grande. Treina seis vezes por semana e veio para o atletismo num misto de sua iniciativa e influenciada por terceiros. Numa prova, gosta de sentir-se bem. Dá também importância ao percurso. Nunca desistiu e costuma participar na prova. Classificou a organização como excelente. Foi a 332ª da geral e 6ª do escalão com 1h32m46s.

ALEXANDRE LUCAS/CARACÓIS DA PEDRA (SINTRA)

Alexandre LucasTem 34 anos e é marceneiro. Corre há cinco anos e estreou-se na Corrida do Tejo. Treina entre duas e quatro vezes por semana e aderiu às corridas por sua iniciativa. Para si, numa prova, o mais importante é superar os seus objetivos. Valoriza ainda o percurso. Nunca desistiu e costuma participar nesta prova. Quanto à organização, criticou a demora nos bengaleiros. Foi o 197º com 1h29m06s.

SÓNIA NEVES/GRUPO MAGICATITUDE

Sónia NevesTem 42 anos e é funcionária pública. Corre há dois anos e estreou-se no Grande Prémio do Natal. Treina seis vezes por semana e veio para o atletismo por sua iniciativa. Numa corrida, gosta de se divertir. Valoriza ainda o percurso. Já desistiu e veio a esta prova pela primeira vez. Gostou da organização. Classificou-se em 714º lugar e foi a 18ª no escalão com 1h40m39s.

 

ENTREVISTAS 10 KM

FERNANDO MARTINS/INDIVIDUAL

Fernando MartinsTem 33 anos e é advogado. Corre há um ano e estreou-se na Corrida do Tejo. Treina 1/2 vezes por semana e veio para o atletismo trazido por um colega. Numa corrida, o mais importante é desfrutar do percurso. “Sentir-me bem, a saúde”. Valoriza também o percurso. Nunca desistiu e veio à prova pela segunda vez. Classificou a organização como “bastante boa” e foi o 432º da geral com 54m31s.

CÁTIA PINTO/INDIVIDUAL

Cátia PintoTem 36 anos (faz anos hoje!) e é médica. Corre há três anos e estreou-se na Corrida do Aeroporto. Não tem treinado, só vai às provas. Faz ginásio 3/4 vezes por semana. Veio para a modalidade por sua iniciativa e numa corrida, dá mais valor à paisagem e ao percurso. Nunca desistiu e costuma participar na prova. Gostou da organização, tendo sido a 573ª da geral com 57m50s.

 

GONÇALO LOUREIRO/INDIVIDUAL

Gonçalo LoureiroTem 40 anos e é consultor informático. Corre há dez anos e também não treina, indo quatro vezes por semana ao ginásio. Veio para as corridas por sua iniciativa e valoriza mais o percurso. Nunca desistiu e costuma participar na prova. Classificou a organização como muito boa, classificando-se no 574º lugar com 57m52s.

 

ANA ANDRADE/INDIVIDUAL

Ana AndradeTem 40 anos e é advogada. Corre há seis anos e estreou-se na Mini Maratona da Ponte Vasco da Gama. Treina 1/2 vezes por semana e veio para as corridas por sua iniciativa. Numa corrida, valoriza a serenidade no final e ainda o percurso. Já desistiu e costuma participar na prova. Quanto à organização, achou complicado juntar a meia maratona com os 10 km. Foi a 739ª da geral com 1h02m54s.

RESULTADOS V MEIA MARATONA DOS DESCOBRIMENTOS/LISBOA (03/12)

Masculinos

Meia Maratona masc1º André Costa (Aminhacorrida/Myprotein) 1.10.08; 2º Carlos Cardoso (GFD Running) 1.10.38; 3º Artur Santiago (NucleOeiras) 1.11.32; 4º Avelino Eusébio (GFD Running) 1.12.38; 5º Diogo Ramalheira (Indiv.) 1.13.37; 6º Paulo Guimarães (Aminhacorrida/Myprotein) 1.13.59; 7º Nuno Romão (GFD Running) 1.14.15; 8º João Correia (C. Ferroviários Portugal) 1.14.15; 9º Bruno Castro (Marinha) 1.14.27; 10º Sérgio Monteiro (Ingleses FC) 1.15.24

Femininos

pódio Meia Maratona fem1ª Vera Fernandes (RB Running) 1.18.27; 2ª Tanya Posthumus (África do Sul) 1.27.12; 3ª Evelina Shamarova (Rússia) 1.29.00; 4ª Fernanda Santinha (Indiv.) 1.29.37, 5ª Lúcia Oliveira (Generg) 1.30.08

 

 

10 KM

Masculinos

1º João Bragadeste (Marinha) 32.14; 2º José Gaspar (Indiv.) 32.22; 3º Emiliano Vieira (CF os Belenenses) 32.25; 4º Miguel Quaresma (AC Beja) 32.26; 5º Pierre Fournier (Suíça) 32.32; 6º Isaías Gomes (CF os Beleneses) 34.00; 7º Vítor Oliveira (Assoc. Vale Grande) 34.14; 8º Hugo Augusto (Belém Runners) 34.16; 9º Edgar Granilho (Triatlo Rio Maior) 34.40; 10º João Rebelo (UF Comércio Indústria) 35.12

Femininos

1ª Ana Santos (Rio Maior Triatlo Clube) 37.20; 2ª Alexandra Sousa (GFD Running) 37.51; 3º Sandra Conceição (Marinha) 39.19; 4ª Mariana Brugger (Estoril-Balman) 39.57; 5ª Rita Marques (Prozis) 40.45

Resultados completos em: http://xistarca.pt/resultados/mm-dos-descobrimentos

 

Deixar Resposta