Após atropelamento que o deixou quase paraplégico, Tim Don corre Maratona de Boston em 2h49m

0
2286

É recordista mundial do Ironman. Ficou quase tetraplégico. Em seis meses, recuperou e conseguiu o seu objetivo, acabar a maratona em menos de 2h50m

A Maratona de Boston, realizada nesta segunda, ficou marcada por grandes emoções. Além da vitória inesperada do japonês Yuki Kawauchi, um outro facto chamou a atenção e teve a ver com o britânico Timothy Philip, “Tim Don”.

Em menos de um ano, Tim Don foi do céu ao inferno. Cinco meses depois de bater o recorde mundial do Ironman em Florianópolis no tempo de 7h40m24s (Maio 2017), o britânico sofreu um acidente gravíssimo enquanto treinava ciclismo.

Depois do acidente, uma colisão com um carro no Havai, Don poderia ter falecido ou ficado tetraplégico. A sua fratura foi similar à sofrida num enforcamento, e poderia tê-lo deixado sem ar logo após o impacto.

tim-donDe alguma forma, Tim Don teve o privilégio de escolher entre duas opções: uma cirurgia que unisse as suas vértebras mas que comprometeria a sua mobilidade para sempre, ou usar um halo de proteção na sua cabeça e pescoço. Apesar da dor dolorosa, o triatleta escolheu a segunda opção. Foram inseridos quatro parafusos na sua cabeça para sustentar a estrutura e durante três meses, com a mobilidade limitadíssima, o sofrimento colocou-o à beira do desmaio em várias ocasiões.

Para quem foi atleta durante quase 20 anos, um período tão longo sem conseguir vestir-se ou tomar banho, é uma eternidade. Às vezes, ele dizia à sua esposa que iria arrancar a grade com as próprias mãos. Mesmo assim, a sua motivação, a mesma que garantiu um título mundial de triatlo e cinco vitórias no Ironman, permaneceu idêntica: “Eu vou recuperar, eu vou mesmo recuperar. Eu vou puxar pelos meus limites e voltar o mais cedo possível, e vou tentar voltar ainda melhor do que antes”, ele disse ao New York Times.

Ao longo da sua demorada recuperação, Tim revelou algumas imagens de todo o processo por que estava passando, inclusive o seu objetivo de correr a Maratona de Boston – abaixo de 2h50m -, e realizar um novo Ironman em Julho.

Foi este mesmo Tim Don que regressou à atividade desportiva e concluiu a Maratona em 2h49m42s.

Apesar do frio e vento que atingiram todos os participantes durante a maratona, Tim cumpriu um dos seus objetivos e terminou em 2h49m42s, ficando em 549° na classificação geral e 40° na sua categoria (40-44 anos), seis meses depois do acidente no Havai.

 

Deixar Resposta