Asbel Kiprop não se vai defender da acusação de ter tomado EPO

0
172

O queniano Asbel Kiprop, de 28 anos, campeão olímpico dos 1.500 m em 2008 e triplo campeão mundial, acusou em Novembro de 2017 EPO num controlo antidoping. Ele enfrenta uma suspensão de quatro anos e o seu caso deve ser examinado em 28 de Junho em Londres pelo tribunal disciplinar independente da IAAF.

No entanto, o atleta não se vai defender. Para tal decisão, invoca a falta de apoio das autoridades quenianas e a falta de dinheiro para pagar aos seus advogados. “Estou completamente inocente. Mas isso não serve de nada para lavar a minha reputação, sem o apoio dos meus managers, da minha federação e do governo. É injusto”, disse Kiprop.

 

 

 

Deixar Resposta