Atentado na Maratona de Boston: Trump exige pena de morte para autor do atentado em 2013

0
136

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exigiu a pena de morte para o autor do atentado na maratona de Boston, em 2013, criticando a anulação recente da sua pena capital por um Tribunal de Recurso.

“Tantas vidas perdidas ou arruinadas: a pena capital raramente foi tão merecida como para Djokhar Tsarnaev”, twitou Trump que acrescentou: “O governo federal deve exigir de novo a pena de morte… o nosso país não pode deixar a decisão do apelo em vigor”.

Devido principalmente à seleção dos jurados, um Tribunal de Recurso federal de Boston anulou na passada sexta-feira parte do julgamento de Djokhar Tsarnaev e reenviou o seu dossier para um tribunal de primeira instância para um novo julgamento. Qualquer que seja a decisão, Tsarnae continuará condenado no mínimo, à prisão perpétua.

Estudante de origem tchetchena, ele foi condenado à morte em Junho de 2015 por ter colocado com o seu irmão mais velho, Tamerlan, duas bombas artesanais próximo da meta da maratona, fazendo três mortes e 264 feridos.

A sua defesa alegou sempre que ele, então com 19 anos, agiu influenciado pelo seu irmão que foi morto pela polícia três dias depois do atentado, numa caça ao homem nos arredores de Boston. Durante a fuga, eles abateram ainda um polícia.

Trump tem reclamado o uso reforçado da pena de morte e com a aproximação das eleições em 3 de Novembro, o seu governo parece decidido a proceder a um número recorde de execuções federais. Regressando com uma prática interrompida durante 17 anos, a administração republicana já procedeu a três injeções letais em Julho. Outras quatro estão previstas para Agosto e Setembro.

Deixar Resposta