Atleta morre na meia maratona de Buenos Aires

0
1878

A meia maratona de Buenos Aires é considerada como a mais concorrida da América Latina com mais de 20.000 participantes.

A edição deste ano ficou tragicamente marcada ontem com a morte de um atleta devido a uma paragem cardio-respiratória ao quarto quilómetro.

Apesar de ter sido assistido no local e conduzido de imediato ao hospital, o atleta de 55 anos, não conseguiu sobreviver.

A prova tinha um bom número de atletas de alto nível, com destaque para o etíope Bedan Karoki, número um do ranking mundial com 58m42s e o etíope Mosinet Geremew, detentor da melhor marca deste ano à maratona com 2h04m00s. Acabou por ser este atleta a vencer em 59m48s, novo recorde do percurso e no continente sul-americano.

Deixar Resposta