Atleta paralímpico correu como “lebre” e venceu maratona de Barcelona!

0
2749

O queniano Jonah Kipkemboi é atleta paralímpico e fez a sua estreia na distância ao correr a 39ª edição da maratona de Barcelona disputada no passado domingo. A Organização pediu-lhe para desempenhar as funções de “lebre” até aos 35 km.

Kipkemboi participou nos Jogos Olímpicos Londres2012, tendo sido oitavo nos 1.500 metros e sexto nos 800 metros na categoria T46, (deficientes físicos com incapacidade em alguma extremidade ou falta dela). Em criança, o queniano sofreu queimaduras no lado direito da cara e no braço direito, o que o deixou com mazelas físicas.

Outra duas “lebres” colaboraram com Kipkemboi, Hillary Kepchumba e Jacob Cheshari Kiru. O objetivo era levarem o grande favorito, o etíope Sisay Jisa Mekonnen a bater o recorde da prova que está fixado em 2h07m30s. Mas Mekonnen desistiu e Kipkemboi continuou a correr depois dos 35 km, cortando a meta isolado em 2h08m57s.

“Tinha corrido provas de meia maratona e tinha-me saído bem, mas não esperava esta marca. Estou realmente surpreendido. Estou feliz por ganhar aqui em Barcelona a minha primeira maratona. Não esperava vencer, vim como lebre, não estava previsto terminar mas ao quilómetro 35 vi que não tinha rivais e ainda tinha forças”, disse Kipkemboi.

Em femininos, Hellen Bekele bateu o recorde da prova, ao terminar em 2h25m04s.

A 39.ª edição da maratona de Barcelona tinha um significado especial, por ter sido celebrado o 25.º aniversário dos Jogos Olímpicos de 1992, com os seis medalhados na prova a estarem presentes na partida.

 

 

 

Deixar Resposta