Balanço da época 2018 – 100 metros (M): Nascimentos (Carlos e Yazaldes) à frente de um lote alargado

0
1671

Já praticamente sem Francis Obikwelu (10,60 como melhor, à beira dos 40 anos), a velocidade portuguesa passa por excelente momento, da qual são exemplo as três presenças nas meias-finais do Europeu e o 7º lugar da seleção de 4×100 m. Houve cinco atletas até 10,37, apenas um deles acima dos 25 anos. E pela sétima vez nos últimos 10 anos, a média dos 10 melhores progrediu, passando de 10,55 para 10,39.

PÓDIO

1º CARLOS NASCIMENTO (SPORTING)

Melhorou os 10,33 que trazia de 2016 para 10,13, no Meeting de Braga, e sagrou-se campeão de Portugal com 10,26. E ganhou o Meeting da Maia (10,29) – a meias com Yazaldes Nascimento – e o Nacional da I Divisão (10,31). Só não esteve tão bem no Europeu (10,33 e 10,31).

2º YAZALDES NASCIMENTO (SPORTING)

Aos 32 anos e recuperado de prolongada lesão, teve uma época em ascensão até aos 10,22 da meia-final do Europeu, sendo o melhor dos não apurados para a final. Foi a sua terceira marca de sempre (10,16 em 2015 e 10,21 em 2014). Pena a lesão que depois o impediu de correr os 4×100 m.  

3º DIOGO ANTUNES (BENFICA)

Vice-campeão de Portugal com 10,31, conseguiu a sua terceira marca de sempre (10,27 em 2017 e 10,29 em 2016) e foi 5º nos Jogos do Mediterrâneo.

E AINDA…

Mais três jovens a salientar: Frederico Curvelo, depois de uma época de 2017 marcada por lesão, progrediu de 10,59 para 10,37 e foi segundo no Campeonato do Mediterrâneo sub’23; Rafael Jorge, embora aquém dos 10,41 de 2017 (nas condições especiais de Salamanca) fez as suas segunda (10,48) e terceira (10,52) marcas de sempre; e o ainda júnior Delvis Santos progrediu de 10,68 para 10,56. Não integramos o júnior Willliam Reais nesta lista pois, embora com dupla nacionalidade, está completamente ligado ao atletismo suíço, sendo esta a seleção que representa.

A REVELAÇÃO

JOSÉ PEDRO LOPES (BENFICA)

Já dera nas vistas na época passada, mas progrediu agora de 10,51 para 10,32, conseguiu mais oito marcas até 10,45, foi 5º nos Jogos do Mediterrâneo e… semifinalista no Europeu.

Ranking da época: http://atletismo-estatistica.pt/anuais/absolutos-2018-m-2/

Deixar Resposta