Balanço da época 2018 – 200 metros (F): Bazolo… exceto no Campeonato de Portugal

0
844

Larga superioridade de Lorène Bazolo esta época, na qual conseguiu as seis melhores marcas nacionais do ano. A exceção – bem inesperada – foi no Campeonato de Portugal, ao ser derrotada por Rosalina Santos (23,89-23,93), que nesse dia conseguiu um recorde pessoal.

Tal como nos 100 metros, há várias jovens em ascensão, embora os rankings não tenham sido os melhores de sempre. A média do top’10 foi de 24,44 e a do top’20 de 24,86, as terceiras de sempre. Melhores: respetivamente 24,31 e 24,81, ambas em 2016.

PÓDIO:

1ª LORÈNE BAZOLO (SPORTING)

Mais forte em 100 metros, ficou, nos 200 m, algo aquém das marcas alcançadas em 2016 (23,01) e 2017 (23,08). Obteve como melhor 23,47 na Taça dos Clubes Campeões Europeus (foi 2ª) e teve marcas secundárias de 23,50 e 23,60 (duas). Não conseguiu atingir (nos 200 m) as meias-finais do Europeu.

2ª ROSALINA SANTOS (SPORTING)

Progrediu de 24,19 em 2017 para 23,89, sagrando-se nesse dia campeã de Portugal. E foi 6ª no Campeonato do Mediterrâneo sub’23.

3ª CATARINA LOURENÇO (FUND. SALESIANOS)

Ainda júnior de 1º ano, progrediu de 24,54 em 2017 para 24,03, sendo já a terceira júnior nacional de sempre. Foi na eliminatória do Mundial de juniores, ficando apurada para as meias-finais. Foi campeã nacional sub’23.

E AINDA…

Destaque ainda, para mais três atletas juniores ou juvenis, com marcas até 25,00. Ainda belga, a juvenil Delphine Nkansa progrediu de 25,41 (ao ar livre) para 24,60 em pista coberta (campeã nacional de juniores). Beatriz Andrade melhorou de 25,37 para 24,63 (campeã nacional de juvenis) e fez ainda 24,68 (campeã nacional de juniores). A júnior (de 1º ano) Fatoumata Diallo passou de 25,17 (pista coberta) para 25,00 (igualmente em pista coberta), sagrando-se campeã nacional sub’23.

A REVELAÇÃO: DELPHINE NKANSA (BENFICA)

Grande progressão desta jovem de 16 anos (completou 17 em setembro), que também se salientou nos 100 metros (12,16 como melhor).

Ranking da época: http://atletismo-estatistica.pt/anuais/absolutos-2018-f-2/

Deixar Resposta