BALANÇO DA ÉPOCA 2017 – 200 METROS (F)

0
114

Bazolo dominou quase a 100 por cento

  • Rivinilda impôs-lhe a única derrota nacional, em pista coberta

A supremacia de Lorène Bazolo nos 200 m só não foi semelhante à dos 100 m porque Rivinilda Mentai a derrotou na I Divisão da pista coberta. De resto, tudo foi semelhante, sendo dela os melhores tempos do ano mas sem atingir a marca de 2016 (23,01). Rivinilda foi a segunda e Marisa Carvalho tornou-se a 10ª portuguesa a baixar dos 24 segundos.

Os rankings foram os segundos de sempre, apenas superados pelos de 2016: média de 24,37 no top’10 (24,31 há um ano) e de 24,84 no top’20 (24,81 em 2016).

O PÓDIO

1ª LORÈNE BAZOLO (SPORTING)

Conseguiu a sua segunda marca de sempre, com 23,08 em Madrid, a sete centésimos do seu melhor. E tem também 23,28, em Salamanca, e 23,39 na I Divisão. Sagrou-se campeã de Portugal de ar livre. Foi 3ª no Europeu de Seleções e foi 6ª na eliminatória do Mundial, aquém do que vale.

2ª RIVINILDA MENTAI (BENFICA)

Teve como ponto alto o ter ganho na I Divisão de pista coberta a Lorène Bazolo (23,89-23,98) mas não mais conseguiu fazer melhor, acabando por ficar aquém dos 23,74 de 2015. Ao ar livre, obteve 24,06 em Salamanca e foi vice-campeã de Portugal (ganhara o título de pista coberta, sem Bazolo).

3ª MARISA CARVALHO (BENFICA)

Ao melhorar de 24,12 para 23,97, no Meeting do Benfica, tornou-se a 10ª portuguesa de sempre. Fez, como segunda marca, 24,61 no heptatlo, em Espanha.

A REVELAÇÃO: CARINA PEREIRA (BENFICA)

Catarina Lourenço, que progrediu de 25,37 para 24,54 (marca que fez três vezes, duas das quais no Europeu de Juniores, onde foi semifinalista), é a terceira juvenil nacional de sempre e poderia ter sido a escolhida, mas, como já o foi nos 100 m, acabámos por optar pela júnior Carina Pereira, que melhorou de 24,94 para 24,53, sendo a oitava júnior de sempre. Fechou o pódio do Campeonato de Portugal.

E AINDA…

Cátia Santos, com 24,53, ficou longe dos 24,04 de 2015. Tatiana Rosário progrediu de 24,95 para 24,54. E a sul-africana Rosalina Santos melhorou de 24,54 para 24,19.

Veja aqui o ranking 2017

… e aqui o ranking mais aprofundado

 

Deixar Resposta