Balanço da época 2017 – Altura (F): Anabela Neto bem acima

0
2302

Com sete das oito melhores marcas do ano (mesmo não tendo competido muito no inverno, por lesão), Anabela Neto dominou largamente o panorama do salto em altura, liderando o ranking nacional pelo quinto ano consecutivo. E, acima de 1,63, entre as nove primeiras, apenas uma atleta bateu recorde pessoal. A média das 10 melhores recuou para 1,73, mesmo assim perto do máximo (1,743 em 2014) e a das 20 melhores para 1,666, a dois centímetros do melhor (1,686), em 2014.

PÓDIO:

1ª ANABELA NETO (SPORTING)

Ficou a um centímetro do seu recorde pessoal de 2017 (1,85), ao conseguir duas vezes 1,84 no Meeting Fernanda Ribeiro e em Ávila (Espanha). A terceira marca foi de 1,80 e sagrou-se campeã de Portugal com 1,77.

2ª LECABELA QUARESMA (J VIDIGALENSE)

Ficou também a um centímetro do seu melhor (1,80), ao passar 1,79 no heptatlo do Campeonato da Europa. A sua segunda marca, de 1,76, foi conseguida no pentatlo do Mundial de pista coberta.

3ª ANA M. OLIVEIRA (GA FÁTIMA)

Continua afastada do recorde pessoal de 1,81, em 2014. Passou duas vezes 1,75 e foi vice-campeã de Portugal com 1,74.

E AINDA…

Rafaela Vitorino competiu pouco, passando 1,76 em pista coberta (a 2 cm do seu melhor). Catarina Fernandes e Catarina Queirós igualaram os seus recordes pessoais de 1,73 ao sagrarem-se campeãs nacionais de pista coberta.

A REVELAÇÃO: ANA LEITE (C+S LAVRA)

Ainda juvenil, melhorou de 1,61 em 2017 para 1,68.

Ranking da época: http://atletismo-estatistica.pt/anuais/absolutos-2018-f-2/

Deixar Resposta