BALANÇO DA ÉPOCA 2017 – HEPTATLO (F)

0
3582

Grandes progressos de Lecabela

  • Já se aproximou do velho recorde de Naide Gomesc

Embora a seleção (equipas masculina e feminina no conjunto) não tenha estado bem na Taça da Europa, descendo à II Liga, o ranking do heptatlo foi positivo, com realce para Lecabela Quaresma, que conseguiu a terceira melhor pontuação nacional de sempre (6174), a seguir às de Naide Gomes em 2005 (6230 – recorde nacional – e 6189), e para a jovem Marisa Vaz Carvalho, cujos 5755 pontos em Espanha não puderam ser homologados recordes nacionais sub’23 e júnior por falta de controlo antidoping mas colocam a atleta já como terceira de sempre.

O PÓDIO

1ª LECABELA QUARESMA (BENFICA)

Brilhou na República Checa, ao melhorar o seu recorde pessoal de 5802 para 6174 pontos, melhorando em cinco das sete provas! Não esteve tão bem na Taça da Europa (3ª com 5861) e no Mundial (22ª com 5788).

2ª MARISA CARVALHO (BENFICA)

Estreou-se no heptatlo sénior da melhor forma, com 5755 pontos em Espanha (Arona) e tem todas as condições para ser a futura recordista nacional.

3ª RAFAELA VITORINO (INDIVIDUAL)

Esteve bem no heptatlo que fez no Luso (5224 pontos, já não muito distante dos 5347 de 2015) mas piorou depois: foi 24ª na Taça da Europa, com 5127 pontos, e 27ª no Europeu sub’23, com 4983 pontos.

A REVELAÇÃO: CATARINA FERNANDES (SPORTING)

Sagrou-se campeã nacional com 4992 pontos ventosos, denotando logo grande progressão face aos 4557 pontos da época passada. Depois, esteve muito bem na Taça da Europa, sendo 25ª com 5513 pontos, marca que a coloca como quinta júnior de sempre. Esteve pior no Europeu de Juniores (15ª), sendo desclassificada nos 800 metros.

E AINDA

Apenas mais uma atleta acima dos 5000 pontos: Anabela Neto melhorou de 4844 para 5053 pontos.

Veja aqui o ranking 2017

… e aqui o ranking mais aprofundado

Deixar Resposta