Balanço da época 2018 – Vara (M): Diogo Ferreira lidera excelente ranking

0
225

O recorde nacional (5,71) não foi batido, mas Diogo Ferreira, com 5,66 como melhor (a sua 3ª marca de sempre), liderou um excelente ranking, com seis atletas acima de 5 metros e dez com 4,70 ou mais. As médias foram as melhores de sempre: passaram de 5,06 (em 2015) para 5,15 (top’10) e de 4,73 (em 2015) para 4,78 (top’10).

PÓDIO:

1º DIOGO FERREIRA (BENFICA)

Com 5,71 em 2017 e 5,67 em 2014, chegou agora a 5,66 em Madrid, com três outras marcas a 5,55, uma das quais na Taça dos Clubes Campeões Europeus (que ganhou). Foi campeão de Portugal com 5,45. Esteve lesionado no inverno. Liderou o ranking pelo quarto ano consecutivo.

2º EDI MAIA (SPORTING)

O seu melhor está em 5,70 (ex-recorde nacional) em 2013 e 2014 e este ano passou 5,60 em julho e 5,56 em maio. Foi apenas terceiro no Campeonato de Portugal, com 5,15.

3º RUBEM MIRANDA (SPORTING)

Com 5,45 como melhor em 2013 e 2015, conseguiu agora passar 5,46 (na Áustria), depois de se ter sagrado campeão de Portugal de pista coberta com 5,44.

E AINDA…

Ícaro Miranda (5,46 em 2016) esteve longe do que vale, com 5,32 em pista coberta e apenas 5,05 ao ar livre. Residindo em França, Yanis Alves progrediu de 4,95 (em pista coberta) em 2015 para 5,20. Samuel Remédios foi sexto do ano acima dos 5 m (tem 5,10 como melhor em 2017). Progressos para os sub’23 Rui Marques, de 4,70 para 4,85 (campeão nacional sub’23), e Gonçalo Uva (4,60-4,70).

A REVELAÇÃO: JOÃO PEDRO BUARÓ (GD ESTREITO)

Com 4,26 em 2017, este ainda juvenil chegou a 4,95 para se sagrar campeão nacional de juniores e conseguiu depois ainda outras marcas de 4,90 e 4,85. Foi 10º na final do Europeu de Juvenis.

Ranking da época: http://atletismo-estatistica.pt/anuais/absolutos-2018-m-2/

Deixar Resposta