Balanço da época 2019 – 800 metros (F): Marta Pen a meio gás…

0
1069

Melhor portuguesa dos últimos anos, Marta Pen atingiu o seu melhor em 2018, com 2.00,09, prometendo tornar-se a segunda portuguesa (depois de Carla Sacramento) a baixar dos dois minutos. Mas a sua época foi bastante irregular devido a problemas físicos, apenas correndo duas vezes a distância. Salomé Afonso foi quem mais ganhou, mas aguardam-se com expetativa, novas experiências de Cátia Azevedo, campeã nacional de pista coberta. A valia dos rankings continua aquém dos anos finais do século passado e até regrediram ligeiramente em relação a 2017 e 2018.

PÓDIO

1ª MARTA PEN (BENFICA)

Fez apenas duas provas, uma nos Estados Unidos (2.03,49) e outra no Europeu de Seleções (8ª com 2.07,01). Continuou a liderar o ranking nacional por boa margem (quase dois segundos) mas foi pouco.

2ª SALOMÉ AFONSO (SPORTING)

Acabou por ganhar a maioria das provas nacionais em que participou, apenas falhando, de entre as mais importantes, o título nacional de pista coberta, que perdeu frente a Cátia Azevedo. Com 2.05,19 como melhor, ficou perto do recorde pessoal de 2018 (2.04,90). Ganhou o Campeonato do Mediterrâneo Sub’23 de pista coberta.

3ª PATRÍCIA SILVA (BENFICA)

Progrediu de 2.06,45 para 2.05,70 e sagrou-se campeã de Portugal (mas sem Marta Pen e Salomé Afonso presentes).

E AINDA…

Carla Mendes, que tinha 2.09,69 como melhor, em 2017 e em pista coberta, melhorou para 2.05,76 e já deu luta às melhores, subindo ao pódio do Campeonato de Portugal (2ª) e derrotando Salomé Afonso na I Divisão de pista coberta. Cátia Azevedo surpreendeu ao sagrar-se campeã nacional de pista coberta (2.05,96), à frente de Salomé Afonso. E a júnior Margarida Silva surpreendeu ao fechar o pódio do Campeonato de Portugal (2.11,56).

A REVELAÇÃO

RITA FIGUEIREDO (GD RIBEIRINHOS)

Surpreendentes progressos desta juvenil de Viseu, de 2.17,23 em 2018 para 2.10,35, com outra marca de 2.11,28 quando se sagrou campeã nacional júnior. Na semana seguinte juntou-lhe o título juvenil, com dois segundos e meio de vantagem.

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

Deixar Resposta