Balanço da época 2019 – Maratona (M): Nuno Lopes lidera ranking bem fraco

0
905

Continua muito fraco o ranking da maratona, tanto mais que os nomes mais “sonantes” nas longas distâncias de pista e no corta-mato (Rui Pinto, Samuel Barata, Rui Teixeira) não tiveram as estreias (ou regressos) esperados. Os melhores foram dois outros estreantes, embora com tempos que há uns anos os deixavam longe da frente…

PÓDIO:

1º NUNO LOPES (INDIVIDUAL)

Estreou-se em Valência, no final do ano passado, sendo 27º com 2.16.40, tempo agradável nos tempos que correm mas sem expressão internacional.

2º AVELINO EUSÉBIO (INDIVIDUAL)

Outra boa estreia, e esta algo surpreendente, de um atleta já de 28 anos mas quase desconhecido. Conseguiu 2.18.50 em Frankfurt, naquele que é, para já, o melhor tempo nacional de 2019.

3º RUI PINTO (BENFICA)

Depois da muito prematura estreia em Valência’2016 (2.20,42) regressou à maratona em Hamburgo, em abril, com 2.19.09, igualmente bem aquém das expetativas face ao seu passado, em especial no corta-mato.

E AINDA…

O campeão de Portugal foi José Sousa, primeiro português (8º da geral) na Maratona do Porto, com 2.19.25, menos 18 segundos que José Moreira, então já com 38 anos. Outras estreias aguardadas com alguma expetativa foram as de Samuel Barata (2.24.15 em Tóquio) e Rui Teixeira (2.25.14 em Lisboa, aparentemente sem dar o máximo), mas com tempos fracos.

A REVELAÇÃO: AVELINO EUSÉBIO (INDIVIDUAL)

Dado o seu passado, foi uma surpresa o tempo conseguido na estreia (2.18.50) e daí a escolha.

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

 

Deixar Resposta