Balanço da época 2019 – Vara (F): Sub-Marta e sub-Eleonor mais de 60 cm à frente da semi-retirada terceira

0
824

Grande quebra no salto com vara feminino, não tanto a nível das duas melhores (Marta Onofre, com 4,31, e Eleonor Tavares, com 4,30, igualaram as marcas de 2018) mas das restantes: nada menos de 63 cm separaram a segunda da terceira do ranking, a semi-retirada (e já veterana) Sandra-Helena Tavares (3,67). E a sua irmã Elisabete (a mais velha das três) ainda é a quarta do ranking, com 3,65, em igualdade com Beatriz Batista, que ficou a 10 cm da marca de 2018. E, depois, o panorama também não é famoso. A média das 10 melhores (3,59) é o segundo pior desde 2002 (recorde: 3,81 em 2014). E a das 20 melhores (3,315) está a quase nove centímetros da melhor de sempre (3,403 em 2014).

PÓDIO:

1ª MARTA ONOFRE (SPORTING)

Continua a liderar (5º ano consecutivo), mas algo afastada do seu recorde nacional de 4,51 em 2016. Sagrou-se campeã nacional com 4,31 (a melhor marca do ano) e fez ainda 4,26 na Suíça e três vezes 4,20, uma das quais ao ser segunda no Nacional de pista coberta, na sua única derrota face a Eleonor Tavares. Foi 6ª no Europeu de Seleções, com 4,11.

2ª ELEONOR TAVARES (SPORTING)

Residente em França, ali obteve as melhores marcas: 4,30 ao ar livre e 4,27 em pista coberta.

3ª BEATRIZ BATISTA (BENFICA)

Conseguiu duas vezes 3,65 (em pista coberta) e nada menos de seis vezes 3,60 (três ao ar livre) mas sem atingir os 3,75 de 2018. Foi vice-campeã de Portugal de ar livre e terceira em pista coberta e sagrou-se campeã sub’23 nos dois casos.

E AINDA…

Cátia Pereira, terceira no ano passado com 4,20, não competiu (e bastante falta fez para melhorar o ranking…). Entre as 11 primeiras, com 3,20 ou mais, apenas a sub’23 Sofia Carneiro progrediu, de 3,20 para 3,40! Raquel Marques, a revelação de 2018 (3,40), ficou-se pelos 3,25.

A REVELAÇÃO: CARLA RODRIGUES (SPORTING)

A juvenil Carla Rodrigues, atleta bastante eclética, melhorou de 2,80 para 3,10 (título júnior de pista coberta) e foi ainda campeã juvenil de ar livre (3,05) e de pista coberta (2,65) e vice-campeã júnior de ar livre (2,90).

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

 

Deixar Resposta