Balanço da época 2020 – 1500 metros (M): Isaac Nader com um (agora) raro sub’3.40

0
461

Desde 2017 (através do este ano ausente Emanuel Rolim) nenhum português voltara a baixar dos 3.40 aos 1500 m. Já a fechar a (curta) época, Isaac Nader conseguiu 3.39,97 em Espanha, batendo substancialmente o seu recorde pessoal de 3.43,77. Foi o melhor de um ranking relativamente modesto mas com nada menos de 12 sub’23 (9) ou juniores (3) entre os 15 melhores do ano.

PÓDIO

1º ISAAC NADER (BENFICA)

Campeão de Portugal (e sub’23) de ar livre e pista coberta, conseguiu cinco das seis melhores marcas do ano e fechou com um prometedor recorde pessoal.

2º PAULO ROSÁRIO (SPORTING)

Fez uma única prova, de pista coberta e em Espanha, em 3.42,41, perto do seu melhor em 2019 (3.40,59).

3º MIGUEL MOREIRA (SPORTING)

Ganhou no Meeting de Lisboa com 3.47,22, recorde pessoal por 14 centésimos. Na semana seguinte foi vice-campeão nacional.

E AINDA…

Quarto classificado no Europeu de corta-mato, em Lisboa, no final de 2019, Etson Barros sagrou-se campeão nacional de juniores de 1500 m (ar livre e pista coberta) e melhorou de 3.51,93 em 2019 para 3.48,13 (marca alcançada em pista coberta). Até aos 3.50 também progrediram Miguel Mascarenhas (3.52,44-3.48,44) e Gonçalo Casimiro (3.52,82-3.49,53).

MELHOR PROGRESSÃO: ROGÉRIO AMARAL (CPT SOBRAL DE CEIRA)

Com 3.51,42 em 2019 e ainda júnior, progrediu para 3.47,38 depois de se ter distinguido em distâncias superiores.

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

Deixar Resposta