Beatriz Andrade 8ª nos 100 m e Etson e Buaró apurados para as finais do Europeu de Juvenis

0
2080

Beatriz Andrade foi 8ª na final de 100 metros do Europeu de Juvenis, em Gyor (Hungria), posição que não surpreende. A proeza da atleta foi atingir a final. A prova foi ganha pela islandesa Gudbjorg Bjarnadottir, com 11,75, tempo igualmente atribuído à segunda e terceira (apenas seis milésimos separaram as três!). Beatriz gastou 12,22 (vento nulo), aquém, nomeadamente, dos 11,85 da eliminatória. A final masculina de 100 metros foi ganha pelo holandês Raphael Bouju, com 10,64 (v:+0,3).

Destaque ainda, na 2ª jornada, para a passagem à final de João Pedro Buaró na vara e de Etson Barros nos 2000 m obstáculos, enquanto João Peixoto, vencedor da sua série, e Juliana Guerreiro estarão entre os 16 semifinalistas de 800 metros e 400 m barreiras, respetivamente.

Etson Barros, a grande esperança nacional deste campeonato (detém a melhor marca mundial do ano), confirmou as suas aspirações ao ganhar a eliminatória com 5.56,78. A outra série foi mais rápida (5.52,56 para o vencedor) mas tudo se mantém em aberto para a final de domingo.

João Pedro Buaró cumpriu sem problemas na qualificação da vara, passando à primeira 4,55, 4,70 e 4,80 e sendo um dos 13 apurados com esta altura para a final de domingo.

João Pedro Peixoto ganhou a sua série de 800 m com 1.56,37 e correrá este sábado a meia-final. Já Pedro Vilas-Boas, que também seria apurado, acabou desclassificado. Nas meias-finais de 400 m barreiras deste sábado, estará igualmente Juliana Guerreiro, segunda na eliminatória com um recorde pessoal de 60,97 s (7º tempo no conjunto), marca que a coloca como terceira juvenil nacional de sempre (tinha 61,50 como melhor).

Houve duas finais diretas com atletas nacionais. Nos 3.000 m, Lia Lemos melhorou a sua marca para 9.44,76 e foi 11ª entre as 16 concorrentes. Triunfou a irlandesa Sarah Healy, com 9.18,05, recorde dos campeonatos. Nos 10.000 m marcha, João Bernardo foi 16º (entre 20), com 49.39,89, longe da sua valia. Triunfou o italiano Davide Finocchietti, em 45.01,33.

Nas meias-finais de 400 metros, Ana Costa foi 6ª na sua série, com 55,98, o 16º tempo total entre as 24 semifinalistas. Fizera melhor na eliminatória (55,66).

Um outro atleta nacional presente nesta jornada foi Bernardo Moreira, 6º na sua eliminatória de 400 m barreiras, com 54,92 (tem 54,66 como melhor), o 23º tempo entre os 30 concorrentes.

Neste sábado, na penúltima jornada do campeonato, estarão em ação Bárbara Neiva (2.000 m obstáculos) na final e João Peixoto (800 m) e Juliana Guerreiro (400 m barreiras), nas meias-finais. Às eliminatórias ou qualificações, concorrerão Sara Moreira (100 m barreiras), Eduarda Ferreira (triplo), Eva Gonçalves (disco), Bárbara Bica (dardo) e a seleção da estafeta medley feminina.

Deixar Resposta