Benfica disputa este sábado a Taça dos Campeões Europeus de juniores

Equipa masculina tentará o pódio na Rep. Checa; a feminina competirá no grupo B, em Leiria.

0
2268

As equipas masculina e feminina do Benfica disputarão este sábado mais uma edição da Taça dos Clubes Campeões Europeus para equipas juniores, eles em Brno, na República Checa (grupo A, o principal), elas em Leiria (grupo B, espécie de II Divisão).

Há um ano, o Benfica foi quarto, também no grupo principal, em igualdade de pontos com os espanhóis do Playas de Castellón (93 pontos) e a seguir aos ingleses do Shaftesbury Harriers (campeões com 123 pontos) e aos turcos do Fenerbahce (116). Estas quatro equipas voltam a estar presentes e nos objetivos do Benfica estará certamente uma subida ao pódio. A equipa foi campeã nacional com larga vantagem (371 pontos, contra 182,5 do Sporting) e conta como principais figuras João Esteves (100 m), Mauro Pereira (400 m), Pedro Pinheiro (altura e triplo), Otoniel Badjana (peso e disco) e Joshua Egneama (dardo), para além de estrear o bielorusso Aliaksandr Shymanovich, vice-campeão europeu júnior e que já lançou o martelo de 6kg a 81,73, melhor marca mundial júnior do ano.
Já no setor feminino, o Benfica disputará o grupo B, que a Juventude Vidigalense organiza pelo sétimo ano consecutivo! A equipa encarnada é, no entanto, manifestamente inferior à da época passada e só um regulamento obsoleto leva a que sejam as equipas campeãs da época anterior a estarem presentes… já com menos de metade (em teoria) dos elementos que se sagraram campeões do seu país, já que a maioria, entretanto, subiu a sénior. Na época passada, a Juventude Vidigalense foi a equipa representante nacional, classificando-se em sexto lugar (entre sete equipas) no grupo B. Este ano, o Sporting foi o campeão nacional (198 p.), à frente da J. Vidigalense (176 p.), enquanto o Benfica foi apenas terceiro (143 p.). O objetivo do Benfica será subir ao grupo A. Para tal, terá que ficar num dos dois primeiros lugares entre as sete equipas participantes, tarefa que parece difícil face à valia da equipa. O Benfica tem em Marisa Carvalho (inscrita nos 100 m barreiras e peso), Patrícia Silva (1500 m) e Carina Pereira (200 e 400 m) os seus principais trunfos.

Deixar Resposta