Benfica largamente favorito na I Divisão masculina

0
2434

Depois de perder para o Sporting o Nacional de pista coberta, o Benfica prepara-se para se desforrar, sendo agora largamente favorito na I Divisão de ar livre, tudo levando a crer que some no próximo fim-se-semana, em Leiria, o sétimo título consecutivo. É claramente favorito em 13 das 21 provas (e ligeiramente favorito em mais três), contra apenas três provas de claro pendor sportinguista e duas provas duvidosas.

O que mudou desde o inverno? Para além do 6º lugar (lesão) de Marcos Chuva no comprimento, que custaram logo ao Benfica uma diferença de 6 pontos (5+1), há três provas nitidamente favoráveis aos encarnados (disco, martelo e 4×100 m) que não fazem parte do programa de pista coberta. E houve ainda a impossibilidade de Diogo Antunes (o Sporting ganhou os 60 m por Ancuiam Lopes), que agora será substituído nos 100 m por um David Lima em grande forma.

Vejamos a previsível composição das duas equipas e qual delas é favorita, prova a prova:

PROVA SL BENFICA SPORTING CP FAV.
100 m David Lima Carlos Nascimento SLB
200 m David Lima Ricardo Ribeiro SLB
400 m V. Ricardo Santos Ricardo Ribeiro SLB
800 m Emanuel Rolim Sandy Martins SLB ?
1500 m Emanuel Rolim Paulo Rosário SLB ?
3000 m Rui Pinto Paulo Rosário ?
5000 m Samuel Barata Bruno Albuquerque SLB ?
3000 ob. Miguel Borges Fernando Serrão SLB
110 bar. Hélio Vaz Rasul Dabó SCP
400 bar. Diogo Mestre Tiago Horta SLB
Altura Paulo Conceição Francisco Barreto SLB
Vara Diogo Ferreira Rubem Miranda SLB
Comp. Marcos Chuva Nelson Évora SLB
Triplo Tiago Pereira Nelson Évora SCP
Peso Tsanko Arnaudov Marco Fortes SLB
Disco Francisco Belo Edujose Lima SLB
Martelo António Vital Silva Miguel Carreira SLB
Dardo Hélder Pestana (?) Luís Almeida (?) ?
5 km M Miguel Carvalho João Vieira SCP
4×100 m SLB
4×400 m SLB

Algumas notas:

– É bem provável uma ou outra interferência de atletas de outras equipas. Desde logo no dardo, prova na qual Mário Marques (SC Braga) é claramente favorito. Mas também nos 400 m barreiras (Ricardo Lima) e no triplo (Ricardo Jaquité), com outros dois bracarenses a poderem ganhar a Sporting e Benfica, respetivamente.

– No dardo, tanto Hélder Pestana como Luís Almeida não competem desde fevereiro, embora se encontrem inscritos. Poderão ser substituídos por João Fernandes (SLB) ou Ilírio Nazaré (SCP).

– Hélio Gomes, suspenso por doping, que seria nitidamente favorito nos 3000 e 5000 m, é baixa importante no Sporting, embora o regresso recente de Paulo Rosário (1500 e 3000 m) possa colmatar de alguma forma essa falha. O benfiquista Emanuel Rolim costuma sentir algumas dificuldades em provas táticas como estas são normalmente…

Feitas as contas, o Benfica deverá triunfar por uma margem (folgada) de uma vintena de pontos (no ano passado foram 10).

SC Braga substitui J Vidigalense no pódio

Outro ponto de interesse destes campeonatos tem a ver com a luta pelo terceiro lugar do pódio, que a Juventude Vidigalense ocupa há seis anos, desde que em 2011 substituiu o JOMA nessa posição. Tudo leva a crer que haja sucessão este ano, dada a atual fragilidade da equipa leiriense e o poderio da equipa do SC Braga, que muito se tem reforçado e que em apenas três anos passou da III Divisão (2014) a campeão da II Divisão (2015), estreante (5º) na I Divisão (2016) e, agora forte candidato ao pódio. À partida, parece em muito boa posição face ao CA Seia (4º classificado nos últimos três anos) e à J. Vidigalense. As três restantes equipas – Jardim da Serra, Srª Desterro e Estreito, já 6º, 7º e 8º na época passada – não deverão evitar os últimos três lugares. Resta saber por que ordem.

Os campeonatos das três divisões serão disputados na mesma pista de Leiria no fim-de-semana, de forma sucessiva:

Sábado Domingo
III Divisão 12.00h – 15.00h 08.45h – 11.35h
II Divisão 15.45h – 18.50h 12.45h – 15.35h
I Divisão 19.30h – 22.35h 16.45h – 19.35h

Amanhã: antevisão da I Divisão feminina                                               

Deixar Resposta