Benfica (M) e Sporting (F) largamente favoritos na I Divisão

2
747

As equipas masculina do Benfica e feminina do Sporting são largamente favoritas no Nacional da I Divisão que este fim-de-semana se realiza em Braga, juntamente com o da II Divisão.

No setor masculino, são benfiquistas nove das 14 melhores marcas nacionais do ano, embora se possa considerar duvidoso o despique entre Diogo Antunes e o sportinguista Carlos Nascimento nos 60 metros. Mas, no triplo, liderado por Tiago Pereira (que nem deve participar), Pedro Pichardo deve abrir a época e é favorito face a Nelson Évora, que fará a sua primeira prova dois dias antes (6ª feira), em Madrid. O Sporting, através de Paulo Rosário, lidera os 1500 m (mas atenção a Isaac Nader…) e 3000 m, e na marcha João Vieira, que esta época ainda não competiu na distância, ganhará certamente. Nos despiques diretos, o Benfica deverá levar vantagem por 10-3 ou 9-4. Será, a concretizar-se, a oitava vitória encarnada nos últimos nove anos e o principal perigo reside em alguma falha que determine zero pontos na prova. Falha que “vitimou” o Benfica em 2017 e o Sporting em 2018…

Na luta pelo terceiro lugar, o SC Braga, que já esteve no pódio em 2017 e 2018, é favorito face à Juventude Vidigalense, que ficou nos três primeiros em seis dos últimos nove anos.

No setor feminino, o Sporting prepara-se para a sua 10ª vitória consecutiva… que seriam 26 sem a intromissão do FC Porto – com maioria de estrangeiras “alugadas” na equipa – em 2010. Na lista das melhores do ano, só não lidera o meio-fundo (Marta Pen nos 800 e 1500 m e Mariana Machado nos 3000 m) e a marcha (Vitória Oliveira, este ano transferida para o SC Braga). Tem vitória praticamente garantida em nove provas. As bracarenses Mariana Machado (1500 e 3000 m) e Vitória Oliveira (marcha) são favoritas e tudo está em aberto nos 800 m, prova na qual Cátia Azevedo poderá ser uma boa aposta para defrontar Carla Mendes (SC Braga). Ausente o Benfica (o que não acontecia desde 2009…), SC Braga (claramente candidato ao 2º posto) e Juventude Vidigalense (3º) deverão completar o pódio. Será a terceira vez que o SC Braga (depois de 2011 e 2018) sobe ao pódio na última década (antes, apenas em 1994, na edição inaugural do campeonato). A J. Vidigalense está no pódio, ininterruptamente, desde 2013 (2ª em 2015 e 2018) e sempre à frente do SC Braga. Este ano deve haver alteração…

Eis as equipas participantes na I Divisão (altura às 14.50 h e as restantes provas a partir das 15.30 h de sábado e 15.45 h de domingo) e na II Divisão (a partir das 13 horas em ambos os dias):

MASCULINOS

I Divisão:

SL Benfica

Sporting CP

SC Braga

  1. Vidigalense

Maia AC

CA Seia

ACD Jardim Serra

Grecas

II Divisão:

Casa do Benf. Faro

AC Póvoa do Varzim

ADR Água de Pena

Ass. 20 Km Almeirim

ACR Srª Desterro

Campismo SJ Madeira

CPT Sobral Ceira

NA Cucujães

FEMININOS

I Divisão:

Sporting CP

J Vidigalense

SC Braga

ADR Água de Pena

Grecas

GA Fátima

ACD Jardim da Serra

AC Póvoa de Varzim

II Divisão:

GR Eirense

Maia AC

ACR Srª Desterro

CF Oliveira Douro

Academia Valdevez

Casa do Benf. Faro

GCA Donas

UFC Tomar

MELHORES DO ANO EM PISTA COBERTA

Diogo Antunes SLB 6,69 60 m Lorène Bazolo** SCP 7,34
Raidel Acea SLB 47,09 400 m Vera Barbosa SCP 53,63
Isaac Nader SLB 1.49,49 800 m Marta Pen SLB 2.05,60
Paulo Rosário SCP 3.42,41 1500 m Marta Pen SLB 4.09,04
Paulo Rosário SCP 8.01,93 3000 m Mariana Machado SCB 9.02,56
João Oliveira* SLB 7,78 60 bar. Olímpia Barbosa SCP 8,31
Paulo Conceição SLB 2,28 altura Anabela Neto SCP 1,84
Diogo Ferreira SLB 5,50 vara Marta Onofre SCP 4,33
Ivo Tavares SLB 7,72 comp. Patrícia Mamona SCP 6,40
Tiago Pereira SCP 16,33 triplo Patrícia Mamona SCP 14,33
Francisco Belo SLB 20,94 peso Auriol Dongmo SCP 18,31
Rui Coelho CAS 20.54,00 5/3000 M Vitória Oliveira SCB 13.18,18
SL Benfica SLB 3.17,27 4×400 m Sporting CP SCP 3.50,37
  • * A brasileira Tamiris de Liz (SLB) tem igualmente 7,34

 

2 Comentários

Deixar Resposta