Benfica soma títulos nos sub’23

0
3042

Cláudia Ferreira bateu recorde nacional júnior do dardo

O Benfica somou o seu 9º título nacional masculino consecutivo de sub’23 (e o 12º nos últimos 13 anos) e o 5º feminino (6º nos últimos 7), confirmando a sua superioridade nos escalões jovens. Mas se o campeonato masculino pareceu sempre controlado – embora não por muita margem (174,5 pontos, contra 158 do Sporting), o feminino só foi decidido nas últimas provas e por escassos quatro pontos (151-147), também face aos “leões”, com o Benfica a fazer essa diferença nas duas últimas provas – 200 m e 4×100 m. A Juventude Vidigalense ocupou os dois terceiros lugares, com 31 pontos nos rapazes (27 para o Campismo) e 71 nas raparigas (52 para o Grecas).

Em termos individuais, a nota principal vai para o novo recorde nacional júnior do dardo conseguido pela minhota (ex-Cyclones) Cláudia Ferreira (agora no Sporting), que lançou 51,50, melhorando os 50,81 de Sílvia Cruz em 1999. Cláudia Ferreira, que tinha como melhor 49,85 em 2016, tornou-se a sétima portuguesa acima dos 50 metros, estando agora em sexto lugar no ranking nacional de sempre. E promete ser a sucessora de Sílvia Cruz… 18 anos mais velha!

Ainda no setor feminino, destaque nos 100 m barreiras para Olímpia Barbosa, que melhorou de 13,67 para 13,61 na eliminatória (v:+1,3) e derrotou Marisa Vaz Carvalho na final (13,39-13,54), com vento ligeiramente acima do permitido (+2,1). Bons 800 m, com vitória natural de Salomé Afonso, perto do seu melhor (2.06,97), e duas juniores de 1º ano em bons progressos: Patrícia Silva (2.09,43-2.08,48) e Beatriz Rodrigues (2.11,45-2.08,93). Evelise Veiga, depois do brilharete de sábado, no comprimento, ganhou o triplo à beira dos 13 metros, com 12,98 (tem 13,09 em 2016), à frente da progressiva Ana Oliveira (12,59-12,82). E Rafaela Hora progrediu mais de segundo e meio para ganhar os 400 m barreiras (62,88-61,30).

No setor masculino, Bruno Silva, que há dias surpreendera na Maia, com 1.50,85 aos 800 m, confirmou agora, ganhando com boa vantagem, em 1.51,97. Bom despique nas barreiras, com progressos de Paulo Neto (14,77-14,42) e António Gomes (14,77-14,51). Rafael Jorge conseguiu muito bons 21,18 nos 200 m, a quatro centésimos do seu melhor, obtido na favorável pista de Salamanca. E Miguel Marques chegou a 7,78 no comprimento, mas com vento a +2,8 m/s (7,43 como melhor homologável).

Conseguiram mínimos para o Europeu, Paulo Neto nas barreiras, Ricardo Barbosa nos obstáculos e Ana Oliveira no triplo, elevando para 29 o número de atletas que os conseguiram, beneficiando, em alguns casos (10000 m, marcha) da sua acessibilidade, relativamente aos restantes.

CAMPEÕES NACIONAIS (2ª jornada):

MASCULINOS:

200 m (+0,8) Rafael Jorge SLB 21,18
800 m Bruno Silva ARLVG 1.51,97
3000 ob. Ricardo Barbosa SLB 9.06,58
110 b. (1,7) Paulo Neto ACDJS 14,42
400 bar. Diogo Mestre SLB 52,28
Altura Filipe Guerreiro CSJM 2,01
Comp. (+2,8) Miguel Marques JV 7,78 (7,43/-0,6)
Disco Edujosé Lima SCP 51,60
Martelo Miguel Carreira SCP 61,25
4×400 m SL Benfica SLB 3.19,83

FEMININOS:

200 m (+2,0) Sofia Duarte SCP 24,92
(Adriana Alves é estrangeira) SLB 24,64
800 m Salomé Afonso SCP 2.06,97
3000 m Helena Alves UDV 10.12,73
100 b. (+2,1) Olímpia Barbosa SCP 13,39
400 bar. Rafaela Hora C+SL 61,30
Vara Andreia Grácio JV 3,60
Triplo (+0,7) Evelise Veiga JV 12,96
Peso Jessica Inchude SCP 15,46
Dardo Cláudia Ferreira SCP 51,50
4×400 m SL Benfica SLB 3.58,11

 

ATLETAS COM MÍNIMOS PARA O EUROPEU DE SUB’23 (Bydgoszcz, POL, 13/16 julho)

MASCULINOS (16)

Rafael Jorge SLB 100/200 m
Ricardo Pereira SLB 100 m
José P. Lopes SLB 100 m
Ricardo Ribeiro SCP 200 m
Hugo Rocha SLB 1500 m
Miguel Marques SCP 10000 m
Paulo Neto AJS 110 bar.
Diogo Mestre SLB 400 bar.
André Pereira SLB 3000 ob.
Ricardo Barbosa SLB 3000 ob.
Miguel Marques JV comprim.
Ivo Tavares CSJM comprim.
Edujose Lima SCP disco
Miguel Carreira SCP martelo
Miguel Rodrigues SLB 20 km M
Hélder Santos LMA 20 km M
FEMININOS (14)
Salomé Afonso SCP 800 m
Helena Alves UDV 10000 m
Rute Simões GREC 10000 m
Sónia Ferreira UDV 10000 m
Olímpia Barbosa SCP 100 bar.
Evelise Veiga JV comp./triplo
Teresa Carvalho SLB comp.
Ana Oliveira GAF triplo
Juliana Pereira SLB disco
Rafaela Vitorino SLB heptatlo
Mara Ribeiro SLB 20 km M
Edna Barros COP 20 km M
Mariana Mota SLB 20 km M
Laura Leal COP 20 km M

Deixar Resposta