Bis de Lawrence Cherono na Maratona de Amesterdão com novo recorde do percurso

0
1521

Mais de 12 mil na meta com os três primeiros a baterem o anterior recorde do percurso que era de 2h05m09s

Quando o tiro inicial soou às 9h30 locais, as condições climáticas eram ideais: a temperatura era boa e havia pouco vento.

Depois de os atletas deixarem o Estádio Olímpico, um grande grupo de doze atletas emergiu rapidamente, com três “lebres” no topo. Um grupo com todos os favoritos, incluindo o campeão olímpico e recordista mundial Kenenisa Bekele

O queniano Lawrence Cherono venceu pela segunda vez consecutiva a maratona de Amesterdão com o tempo de 2h04m05s, novo recorde do percurso.

Lawrence CheromoO andamento do grupo da frente foi desde o início superior ao recorde do ano passado. Bekele, um dos grandes favoritos, cedeu aos 30 km ao forte ataque de Cheromo que correu em 28m51s entre os km 30 e 40. Aos 34 km, estavam apenas três atletas na dianteira, Cheromo e os etíopes Solomon Deksisa e Mule Masihun.

À 1h54m de prova, Deksisa atrasa-se ligeiramente e um minuto depois, Lawrence foge a Mule. O queniano passou aos 40 km em 1h57m50s e terminou a prova com Mule a 32 segundos e Solomon a 35. Bekele desistiu aos 38 km quando ia em quarto lugar.

Tivemos 9 atletas até 2h07m20s e o primeiro europeu foi o holandês Stijn de Vulder ao chegar em 12º lugar com 2h16m57s, que assim se sagrou campeão nacional.

Em femininos, a televisão holandesa apenas mostrou imagens às 2h12m de prova. Na frente, estava então a etíope Shasho Insemu que veio a ser ultrapassada pela sua compatriota Tadelech Bekele que venceu em 2h23m07s. Shasho foi segunda a seis segundos com outra etíope, Azmera Gebru a fechar o pódio, a 24 segundos. A campeã olímpica Meseret Defar terminou em oitavo em 2.27.25 na sua primeira maratona.

Classificaram-se 12.135 atletas com o último a fazer 16h18m00s.

Maratona noturna em Bilbau/Vencedores com fracos tempos

Fikre BekeleUma das raras maratonas noturnas disputadas na Europa teve lugar em Bilbau com a partida a ser dada às 19 horas. Venceram o etíope Fikre Bekele e a queniana Jacqueline Nyetipei, com tempos muito inferiores aos registados uma semana antes em Lisboa.

Bekele gastou 2h16m58s, menos 19 segundos que o também etíope Daniel Aschenik e 3m50s do queniano Philemon Kemboi.

Jacqueline Nyetipei terminou em 2h47m29s, seguida da italiana Carolina Chisale com 2h58m02s e da espanhola Cristina Allés com 2h59m16s.

Deixar Resposta