Bolhas, como tratar e premir?

0
296

É nos pés e nas mãos que as bolhas irrompem e a culpa é do atrito. Causado por exemplo, por sapatos apertados ou pelo uso intensivo de ferramentas. E como incomodam, importa saber com tratá-las e melhor ainda, como preveni-las.

O primeiro cuidado é não rebentar a bolha, deixando-a descoberta. É que a pele funciona com um invólucro à prova de bactérias, prevenindo possíveis infeções. E assim intacta, a bolha acabará por desaparecer.

Mas se a bolha se localizar numa zona sujeita a fricção como o pé, há que protegê-la, aplicando um penso mas sem exercer pressão. Pode ser utilizada uma compressa esterilizada. Pode suceder que a bolha rebente. Nesse caso, é importante desinfetá-la – com água morna e sabão ou uma solução anti-séptica, resistindo a remover a pele que sobra e aplicando finalmente um penso.

Pode suceder também que a bolha cause tal incómodo que seja melhor drenar o líquido no seu interior. Assim acontece quando a dor é intensa ou quando a sua dimensão impede o uso do pé ou da mão.

Nestes casos, aconselhe-se com o seu médico ou farmacêutico. É importante prevenir o risco de infeções, pelo que se deve usar luvas ou desinfetar as mãos, evitando o contacto direto com a lesão. E se a bolha criar pus, se ficar vermelha, se a pele inchar ou ficar quente, é preciso procurar ajuda médica – é que estes, são sinais de infeção.

Deixar Resposta