Brasileiro encara condições extremas para pedir doações de medula óssea

0
2170

Por onde passa, o brasileiro Marcelo Alves leva consigo uma causa. Ele levanta a bandeira da doação de medula óssea e procura sensibilizar as pessoas durante as provas em que participa.

Agora, o desafio é maior, ele foi para o Polo Norte divulgar a causa.

Ele já correu sete maratonas em sete dias, em sete continentes diferentes.

Agora, em Svalbard, ele encara mais uma ultra maratona no arquipélago de Svalbard, sozinho, no inverno do Ártico enfrentando -21ºC. A compensação veio com o espetáculo de luzes da Aurora Boreal. Um fenômeno encantador.

Deixar Resposta