Brigid Kosgei, com infância difícil, expulsa da escola por falta de dinheiro

0
585

A nova recordista mundial da maratona, Brigid Kosgei, de 25 anos, teve uma infância difícil no Quénia. A falta de dinheiro foi a principal razão porque ela se dedicou ao atletismo. Desde o início, foi a maratona que a atraiu, embora tenha passado pelo tartan na sua adolescência.

Segundo revelou a Nation Sport, Brigid foi expulsa em 2012 do seu centro de estudos porque a sua família não podia pagar as propinas. Foi o momento em que ela decidiu dedicar-se completamente ao atletismo juntamente com o seu esposo, Mathew Kosgei, também ele atleta.

A sua mãe pediu-lhe que voltasse a estudar mas Brigid já tinha uma decisão tomada. Em 2014, foi mãe de dois gémeos, Faith Chepchumba y Brian Kibet.

Num dos seus treinos, encontrou o ex-maratonista Erick Kimaiyo que trabalhava com o seu grupo de atletas. Ele convidou-a a aderir ao acampamento Kapsait, “um lugar que o clima nunca mudará”.

Com esta vitória na maratona de Chicago, Brigid recebeu um prémio de 90 mil euros e ainda mais 68 mil pelo recorde mundial. É garantido que ao contrário de ela, os seus filhos poderão ir à escola.

 

Deixar Resposta